• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Apenas 60 maneiras como a Palavra me abençoa.




    O Salmo 119 é sobre a suficiência, beleza, doçura, perfeição... da Palavra de Deus. Sobre isso e muito mais do que a Palavra é. Estudá-lo foi fundamental para o meu crescimento em toda a minha vida.
    Todos nós somos desafiados a trabalhar nesse Salmo e a observar como a Palavra nos abençoa e é suficiente para nos guardar em paz em qualquer situação sem exceção. Eis uma pequena lista... há muito mais. Cave você mesmo procurando aqui mais riquezas para adicionar à lista.
    A inerrante Palavra de Deus ...

    1. Mostra-nos como manter o coração e o caminho sem culpa (1, 3, 80)
    2. Guia a nossa busca sincera de Deus (2, 10, 145, 148)
    3. Nos protege da vergonha do pecado quando nossa atenção permanece concentrada em obedecê-lo (4-6, 31)
    4. Gera oração sincera e louvor a Deus (7, 12, 48, 62, 64, 108, 146)
    5. Cultiva a confiança na ajuda que tudo vence e na presença de Deus (8, 141, 150-151, 173-174)
    6. Mantém o coração jovem puro (9)
    7. Previne o pecado quando o estimamos (11, 101, 133)
    8. Cria uma urgência em proclamar e ensinar (13)
    9. Produz prazer divino em riquezas eternas mais do que a abundância de coisas temporais (14, 16, 35-36, 72, 103, 127)
    10. Revela os caminhos de Deus (15)
    11. Alimenta a humildade na oração e anseio pela bênção de Deus (17, 26, 56, 58, 132, 135)
    12. Dá insights sobre o que é verdadeiramente espiritual, levando a um ciclo contínuo de crescimento (18)
    13. Guia nossa peregrinação terrestre, iluminando nosso caminho neste mundo sombrio (19, 176)
    14. Gera um desejo sem fim pela própria Palavra (20, 64)
    15. Repreende o insolente e arrogante (21)
    16. Afasta os efeitos do desprezo e afronta (22)
    17. Dá confiança e perseverança diante dos inimigos que conspiram contra nós (23, 51, 53, 61, 69-70, 78, 85-87, 94-95, 98, 110, 115, 121-122, 134, 150- 151, 157-158, 161)
    18. Nos aconselha em tudo (24)
    19. Renova infalivelmente nossa alma quando estamos no pó do desespero (25)
    20. Dá entendimento dos caminhos do Criador (27, 73)
    21. Incentiva a meditação sobre as obras de Deus (27)
    22. Fortalece nossos corações quando são vencidos pela dor (28)
    23. Afasta os caminhos falsos de nós (29, 163)
    24. Explica “o caminho da fidelidade” (30)
    25. Amplia nosso coração para Deus para que possamos correr na corrida da obediência (32, 34, 57, 106, 112, 17-168)
    26. Nutre a perseverança da fé até o fim (33, 112)
    27. Desvia os olhos de coisas sem valor e nos leva à vida verdadeira (37)
    28. Alimenta o temor do Senhor (79, 116, 120)
    29. Evita a reprovação (39)
    30. Revela a justiça que leva à vida (40, 156)
    31. Nos assegura a promessa da certeza da salvação (41, 94, 81-82, 123, 166)
    32. Responde nossos acusadores (42, 78, 121-122)
    33. Gera esperança que tudo vence (43, 49, 74, 147, 166)
    34. Leva a caminhar "em verdadeira liberdade" (44-45)
    35 Incentiva nosso testemunho (46-47)
    36. Nos conforta em todas as nossas afliçãos ((50, 52, 75-76, 82-84, 141, 143, 170)
    37. Torna-se a canção do crente para a jornada terrena (54, 172)
    38. Lembra-nos de quem Deus realmente é, como é e de Seu amor inabalável - Seu “nome” (55, 76, 88, 124, 159)
    39. Cultiva uma satisfação crescente em Deus (57)
    40. Renova nossa mente, levando ao arrependimento do pecado e à obediência a Deus (59-60)
    41. Estabelece a esfera das amizades piedosas (63)
    42. Descreve como o Senhor sempre se dá em bem para conosco (65)
    43. Nos ensina a bom senso e conhecimento (66)
    44. Abre nossos olhos espirituais para a bondade de Deus e Seus bons propósitos para nossa aflição (67-68, 71, 75)
    45. Revela a misericórdia de Deus, dispensando-a às nossas almas necessitadas (77, 156)
    46. Fornece a base para clamar a Deus por justiça (84-86, 118-119, 126, 136, 139, 149)
    47. Permanece para sempre; nunca falha como um testemunho duradouro da fidelidade de Deus ((89-91, 111a, 142, 144, 152, 160)
    48. Fortalece o homem interior em tempos de aflição – a aflição não vencerá a nossa paz (92, 107, 159)
    49. Dá vida espiritual à alma (93)
    50. Fornece o padrão de perfeição (96)
    51. Dá sabedoria e entendimento espiritual (97-100, 125, 130, 169)
    52. Nos ensina-nos o caminho de Deus (102)
    53. Alimenta e satisfaz os apetites espirituais (103, 131)
    54. Ensina meu coração a odiar  o pecado (104, 113, 128, 163)
    55. Ilumina o nosso caminho neste mundo sombrio (105)
    56. Produz alegria no coração (111, 143, 162)
    57. Oferece refúgio quando sou atacado por qualquer mal ou engano com esperança inabalável (114-115, 117, 139, 153-155, 161)
    58. Renova o desejo de obedecer a Deus (129)
    59. Define a justiça de Deus (137-138, 142)
    60. Traz paz à alma perturbada. Paz que reina e sempre prevalece (165)

    Depois de saborear este Salmo, você voltará para a palavra por toda a sua peregrinação espiritual. Quem verdadeiramente prova o alimento da Palavra, volta à sua mesa habitualmente. Quem prova dela, sabe que a Palavra é suficiente para tudo neste mundo... para toda paz e descanso de nossos corações até o fim.