• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    O corpo da mulher e Romanos 12.



    “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional” - Romanos 12: 1


    Apesar do título ( Já que há tanta pressão cultural sobre as mulheres ), eu poderia fazer a mesma aplicação para os homens...


    "Body image" é um termo com o qual é provável que todos estejam familiarizados. Se refere à forma como você percebe seu corpo em termos de aparência. Muitas mulheres se descreveriam como tendo uma pobre imagem corporal, simplesmente significando que elas não estão felizes ou satisfeitas com esta imagem. Como o conselho humanista ou a Bíblia trata disso, é totalmente diferente.



    Pode ser que seus corpos sempre tenham sido como são – apenas a expressão da sua biologia, sua genética... ser realmente alta demais ou baixa demais, ter uma pele muito pálida, muito oleosa, muito alguma coisa qualquer... Ou pode ser algo que aconteceu em algum momento na sua vida - ganho de peso, consequências da gravidez, uma grande cicatriz por um acidente, ou falta de aptidão física... Todas essas coisas acabam afetando a maneira como podemos pensar sobre nossos corpos, e a maneira como pensamos sobre nossos corpos acaba por afetar toda a vida.


    Muitos desprezam também a forma como a nossa cultura representa o corpo feminino – (  mas apenas...  e em grande parte... ) - porque nunca conseguem alcançar o padrão. Mesmo que perdessem peso, ficassem com corpos super magros, colocassem implantes de silicone, lentes de contato para colorir os olhos - mesmo assim não haveria o glamour do vento soprando sobre os cabelos sedutoramente como aparece nas propagandas, filmes... e o photoshop não poderia mudar a maneira como na vida real as pessoas de fato te vejam. Mas o verdadeiro problema com a forma como o mundo retrata os corpos das mulheres ( e dos homens ) não é que não é realista sobre o que as mulheres são, o problema é que é uma mentira sobre para o que nossos corpos são.



    O formulário da cultura realmente segue a função que ela tem em vista. O mundo acredita que nossos corpos são essencialmente para o prazer sexual de quem quer que seja... O maior bem do mundo é ter um corpo perfeitamente formado e atraente sexualmente; sexualmente livre para se expressar, sedutor... Um corpo que é tão "perfeito" que pode esconder a alma dentro com seus dramas e inadequações. É por isso que essas campanhas que tentam simplesmente mudar o que é sexy ou não, mudar o padrão do que é sexy -  ou seja, colocar modelos de tamanho maior para aparecer em anúncio sexy, são tão cômicas. Alterar a definição de como queremos que esses corpos se pareçam, que esse outro tipo de corpo também é sexy...  não chega perto de resolver o problema. O paradigma continua exatamente o mesmo.



    Então, para o que Deus diz que seus corpos são? ( Falando especificamente de corpos femininos, mas poderíamos fazer a mesma argumentação para os homens como disse inicialmente ) Quando Deus fez a primeira mulher no Jardim, Ele a fez como ajudadora, como companheira, como amante, como mãe... Seu corpo foi feito como a ferramenta certa para essas tarefas. Seu corpo foi feito para abrigar uma alma que devia crescer e florescer enquanto adorava seu Criador e obedecesse a Ele. Seu corpo não era o ponto. Seu corpo não era o fim. Deus não fez Eva para o sexo no Jardim. Ele a fez para sua glória e determinou como ela expressaria isso na vida. Vida para a qual ela precisaria de um corpo.


    Estar em comunhão com o seu Criador é o primeiro e mais importante passo para obter a visão correta sobre o seu corpo. Porque para isso fomos feitos. Seu corpo foi feito para servir a Deus e glorificá-lo. É uma ferramenta que usamos  ( homens e mulheres ) para honrá-Lo enquanto obedecemos. Nós usamos o corpo para ser modesto(a), ser casto(a), trabalhar duro... Usamos  para ser amantes de nossos cônjuges, mulheres usam para serem mães para seus filhos... Como mulheres cristãs (ou homens), a imagem corporal deve se basear no Doador do corpo, não em alguma construção de uma sociedade doente que determinou que o corpo é essencialmente para o prazer sexual. Teu objetivo é viver para a glória de Deus, e não ser um objeto sexual.



    Agora, é possível pensar sobre o que foi dito aqui de algumas formas. Alguém pode dizer: “Isso mesmo... amém... eu concordo... o que tem na cabeça das pessoas para acharem que podemos ser sexys enquanto temos filhos...? O que há na cabeça desses homens que querem que as mulheres se mantenham num padrão artificial... Meu marido não é capaz de entender que ter bebês é...?”


    Outros podem dizer: "Cuidado, você vai fazer as mulheres cristãs pensarem que a aptidão física não importa e que a boa aparência não é importante! Todos vão pensar que você quer dizer que não cuidar da saúde do corpo... é como devemos servir a Deus. Todos pensarão que sou mundana porque gosto de me vestir bem... Isso não é o que as pessoas precisam ouvir...!"




    De qualquer forma, essas são as respostas erradas. Se você ouvir isso e aplicar aos outros, você não está ouvindo realmente. Deus ama você, e Ele lhe deu seu corpo. Quando entendemos isso, estamos seguros e não tentando encontrar segurança em algum padrão aleatório em cada geração. A segurança aqui é a única maneira de lidar com alegria com as realidades da vida que temos. Nossos corpos mudam. Nossos corpos passam e mudam com as fases da vida juntamente conosco, eles envelhecem... eles morrem. Mas, em TODAS essas fases, existe uma maneira de honrar a Deus com nossos corpos, uma maneira de apresentar nossos corpos como um sacrifício vivo. E para isso fomos feitos e ganhamos um corpo. Fazer isso é a única fonte de verdadeira segurança. Nosso corpo é nossa ferramenta para a glória de Deus, e não o nosso tesouro. Eles estão se desfazendo: "Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia." - 2 Coríntios 4:16