• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Brincar de Lego não é Cristianismo!




    “Fiquem firmes na fé!” - 1 Coríntios 16:13


    Vamos enfrentar a verdade, firme imobilidade é uma dessas virtudes que perdeu o seu brilho nestes tempos pós-modernos. A "humildade epistemológica" é a nova virtude suprema e cardinal. Nós devemos nos recusar a estar certos ou ser dogmáticos sobre qualquer coisa.


    Nossa cultura acha que o ceticismo (ou mesmo o niilismo espiritual) é a humildade, e os cristãos modernos se sobrecontextualizaram até o ponto em que parecem pensar que isso é verdade. As fortes convicções - a própria coisa que Paulo nos chama aqui - estão fora de moda. Se você não sofrer algum tipo de mudança de paradigma importante em sua teologia e sua cosmovisão a cada poucos anos, você não está apenas irremediavelmente ficando para trás do tempo, você é incuravelmente arrogante, também.


    É por isso que, de acordo com qualquer pensamento pós-moderno, o dogmatismo deve ser evitado a qualquer custo, a diversidade deve ser cultivada, não importa o quê, e a tolerância significa nunca ter de dizer "Você está errado". Ser dogmático... virou termo pejorativo.


    Isso não é "humildade"; Isso é incredulidade.


    Não é arrogante ter convicções bíblicas firmes e imutáveis. Na verdade, é nosso dever ser preciso e completo em nossa doutrina, e chegar a convicções fortes, maduras, biblicamente informadas. Paulo mesmo chamou isto como uma das evidências necessárias de fé autêntica: "Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro.” -  (Colossenses 1:23). Não devemos ser "crianças, atiradas de um lado para outro pelas ondas e levadas por todo vento de doutrina" (Efésios 4:14). A estabilidade é uma virtude boa e preciosa - uma virtude necessária especialmente para os líderes da igreja. Pedro escreveu: "Tome cuidado para que você não se deixe levar pelo erro dos sem lei e perca a sua própria estabilidade" (2 Pedro 3:17).


    Cuidado com aqueles que passam por mudanças regulares de paradigma em seus pensamentos ou reformulam toda sua teologia a cada poucos anos - evite-os. Homens de mente dupla são instáveis ​​em todos os seus caminhos.


    Sim, mas não é errado ser obstinado e inflexível?


    Bem, certamente pode ser, mas você sabe o que a Bíblia identifica como o pior tipo de teimosia? É a obstinação de se recusar a ser firmes na nossa convicção de que a Palavra do Senhor é verdadeira. A Escritura condena essas pessoas como "uma geração obstinada e rebelde, uma geração cujo coração não foi firme" (Salmo 78: 8). Como eles foram "teimosos" sem serem firmes? "O seu coração não era firme para com ele, não eram fiéis ao seu pacto" (v.37). Essa é a altura da arrogância.


    - Fique firme. Isso é um mandamento. "Fiquem firmes na fé". Existe apenas uma fé verdadeira, e se a sua fé nas Escrituras não for suficientemente forte para afirmar esse fato sem equívocos, você realmente precisa ponderar com muito cuidado o que Paulo está dizendo aqui.


    Se você é alguém que sofre mudanças periódicas no seu pensamento; Se sua visão de mundo muda toda vez que uma nova moda ou livro best-seller aparece; Se você é por natureza fascinado com novas perspectivas e doutrinas radicais - não se torne um blogueiro ou use a Internet como um lugar para “mostrar” o teu pensamento em voz alta. Por favor. Pessoas assim só semeiam dúvida e confusão. O cristão é suposto ser como uma árvore, plantada perto de rios de água - firme, imutável, crescendo de forma constante e inexorável, em vez de balançar descontroladamente de um ponto de vista para outro o tempo todo. Ele deve estar cheio de vida e energia, mas firme e inabalável em sua fé.


    Claro que não estou sugerindo que é sempre inapropriado mudar de ideia, talvez você precise  de uma mudança teológica em grande escala, saindo do humanismo para as Doutrinas da Graça... Quando eu tinha 19 anos, ao ler os Estudos de Warfield sobre Perfeccionismo e compará-los com as Escrituras, toda a minha compreensão da santificação foi revisada.


    Não há nada de errado com isso, contanto que você não se torne viciado na ideia de remodelar sua doutrina apenas por uma questão de ter algo novo para brincar. As doutrinas bíblicas não são peças de Lego - brinquedo que você pode desmontar as peças e colocá-las juntas em qualquer forma que você quiser, sempre que você se cansar de seu brinquedo mais recente. Não devemos ser como os filósofos atenienses em Atos 17:21, que "gastavam seu tempo em mais nada, exceto em dizer ou ouvir algo novo". O objetivo de nosso estudo não deve ser o constante deslocamento de nossas crenças - mas firmeza cristã - convicções sólidas, estabelecidas e maduras no Sola Scriptura.


    É para isso que Paulo está nos chamando aqui: maturidade e estabilidade. Esse é o coração da convicção cristã legítima.


    De fato, sejamos claros: o que Paulo queria ver nos Coríntios não era a capacidade de argumentar com zelo e vigor em favor de um ponto de vista particular. O que Paulo estava pedindo é a firme convicção, a segurança estabelecida, a confiança na verdade da Palavra de Deus e um coração inabalável. Em suma, a maturidade espiritual. E isso não é uma coisa fácil de ter em uma cultura como Corinto, onde modas e insights deste mundo parecem ter mais apelo do que a palavra eterna de Deus.


    Ouça o que Charles Hodge ( 1797 – 1878 ) disse sobre este mandamento:
    “Não considere cada ponto de doutrina como uma questão em aberto. Questões de fé, doutrinas para as quais você tem uma clara revelação de Deus nas Escrituras, tais como a doutrina da Salvação por Graça soberana, justificação, regeneração..., devem ser consideradas como resolvidas e não são questões de disputa. Há doutrinas tão claramente ensinadas nas Escrituras, que não é apenas inútil, mas doloroso, estar sempre colocando em questão.”



    "Fiquem firmes na fé", diz Paulo, e se vocês estão tentados a diminuir o tom, a pedir desculpas ou explicá-la porque ela conflita tão dramaticamente com o espírito desta era, então vocês precisam se arrepender dessa atitude e peça a Deus para lhe dar mais convicção e mais coragem.