• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Você não precisa de menos, mas de mais Doutrina.





    Quando se aproximou dos últimos dias de seu ministério, o apóstolo Paulo colocou seus pensamentos sobre o futuro bem-estar de Timóteo, seu "filho amado" na fé ( 2 Tm 1: 2 ). Ele escreveu para ele sobre as coisas que mais importam para a vida e ministério. Não apenas Paulo recomenda a seu jovem protegido o evangelho da glória de Deus e as Escrituras divinamente inspiradas (3: 16-17) (v 8-10.), mas ele também instruiu Timóteo a respeito da importância da sã doutrina: "Siga o padrão das sãs palavras que você ouviu de mim, na fé e o amor que há em Cristo Jesus. Pelo Espírito Santo que habita em nós, guarda o bom depósito que lhe foi confiado"(1: 13- 14). De acordo com Paulo, a doutrina é a coisa que mais importa para o bem-estar do cristão e da Igreja. Doutrina fornece um padrão que, quando seguido, promove a fé saudável e amor. Sã doutrina é uma herança valiosa que é para ser estimada nesta geração e fielmente transmitida para a próxima (2: 2).


    O que é a doutrina? Em seu sentido básico, a doutrina é qualquer tipo de ensino. A Bíblia, por exemplo, fala sobre os ensinamentos de homens ( Marcos 7: 7-8 ), os ensinos de demônios ( 1 Tm 4: 1; Ap. 2:24 ), e os ensinamentos de Deus ( João 6:45 ; 1 Tessalonicenses 4: 9. ; 1 João 2:27 ). Aqui, estamos preocupados com o ensino divino, o ensinamento de Deus. Uma boa definição é, a doutrina é o ensino de Deus, sobre Deus e que nos dirige para a glória de Deus . Esta definição fornece uma anatomia útil da sã doutrina, identificando a fonte da doutrina, o objeto e fim último. Vamos considerar estes elementos da sã doutrina.


    O Deus trino é a última palavra – O "Doutor", ou O “Professor”, quando se trata de doutrina cristã. O Deus que conhece e ama a si mesmo na perfeita comunhão da Trindade, graciosamente, quis fazer-Se conhecido por nós e amado por nós ( Mt 11: 25-27. ; 1 Cor. 2: 10-12 ). Esta doutrina, ensinada pelo Pai por meio do Filho, no Espírito Santo, informa nossa fé e orienta o nosso amor.


    Embora o Deus trino seja a fonte da doutrina, Ele escolheu ministrar a doutrina  a nós através de Seus profetas e apóstolos na Sagrada Escritura, e SOMENTE  pelas Escrituras. Isso até o dia em que Deus nos falará face a face no Seu reino eterno – até lá, a Sagrada Escritura é a única fonte e norma da sã doutrina ( 2 Tim. 3:16 ; ver Marcos 7: 7-8 ). A Doutrina é extraída da Sagrada Escritura como de uma fonte. Doutrina é medida pela Sagrada Escritura como por uma régua. Além disso, a doutrina nos leva de volta às Escrituras para nós equipar ao nos tornar melhores leitores. Na verdade, aqueles "ignorantes" em sã doutrina são os que inevitavelmente torcem as Escrituras "para sua própria destruição" (2 Pedro 3:16).


    Um duplo objetivo.


    A Doutrina cristã tem um duplo objetivo. O objeto principal da doutrina é Deus; o objeto secundário é todas as coisas em relação a Deus. A Doutrina nos ensina a ver Deus como o único de quem e através de quem e para quem todas as coisas existem, e a doutrina direciona nossas vidas para a glória deste Deus ( Romanos 11:36. ; 1 Cor. 8: 6 ).


    Quando examinamos o duplo objetivo da doutrina, uma vez que nos é apresentada na Sagrada Escritura, um padrão definido emerge ( Rom 6:17. ; 2 Tm 1:13. ). O padrão de sã doutrina é

    (1) trinitária ( 1 Cor. 8: 6 ; . Ef 4: 4-6 ; Tito 3: 4-7 ),
    (2) afirma a criação  ( 1 Tim. 2: 13-15 ; 4 : 1-4 ),
    (3) centrada no Evangelho ( 1 Tm. 3:16 ; Tito 2: 11-14 ), e
    (4) guia para a igreja ( 1 Tm 3: 14-15. ).

    O padrão doutrinário distintivo da Bíblia deixou a sua marca em alguns dos resumos mais aceitos dos ensinamentos cristãos, como o Credo dos Apóstolos e o Catecismo de Heidelberg...


    O propósito da sã doutrina.


    A Sã Doutrina promove um número de alvos. Sã doutrina nos livra do laço do falso ensino ( 2 Tm. 2: 24-26 ; Tito 1: 9-11 ), que de outra  forma, impediria totalmente o desenvolvimento espiritual ( Ef 4:14. ) - e fomentaria a discórdia eclesiástica ( Rom. 16:17 ). A Doutrina serve a obra salvadora de Deus, tanto no interior ( 1 Tm 4:16. ),  como fora da igreja ( Mt 5: 13-16. ; Tito 2: 9-10 ; 1 Pedro 3: 1-6 ). Acima de tudo, a doutrina promove a glória de Deus. A Doutrina resplandece como um raio glorioso do evangelho de Deus ( 1 Tm 1: 10-11 ) e, dirige a nossa fé e amor para com Deus em Cristo, que nos permite andar em Sua presença e dar a Ele a glória que ele merece ( 1 Pedro 4:11 ; 2 Pedro 3:18 ).



    Deus nos ama; e em Sua bondade Ele nos deu a boa dádiva da doutrina ( Sl. 119: 68 ) para que possamos aprender dEle e de Seu evangelho, e como podemos agradá-lo em nossa caminhada. A doutrina é o ensino de nosso Pai Celestial, revelado em Jesus Cristo, e transmitido a nós pelo Espírito Santo, somente nas Sagradas Escrituras, e é para ser recebida, confessada, e seguida na igreja e por nós individualmente, para a glória do nome de Deus.