• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Heresia e sensualidade.



    Pedro está falando de heresias destruidoras: “No passado surgiram falsos profetas no meio do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão secretamente heresias destruidoras” - 2 Pedro 2:1 - Agora eu sei que hoje  heresia soa como algo medieval e melancólico... mas há heresias hoje, ideias e filosofias que nos afastam da verdadeira realidade da vida com Deus. Se você estivesse sendo desviado da realidade, você não iria querer saber? Você não gostaria que alguém lhe alertasse sobre o perigo?


    Os avisos podem ser extremamente bons. Quando me sento com um casal em aconselhamento pré-marital para avisá-los de conflitos, normalmente eles dizem: "Oh, nós não precisamos disso. Nós nunca brigamos." Ao que eu quero dizer: Vocês são ingênuos. Conflitos estão chegando, e se você prestar atenção às minhas advertências você vai escapar de um monte de problemas. Advertências sobre falsos mestres aparecem com frequência na Bíblia. Você as entende? Você sabe que heresias você está mais propenso a acreditar? Ou você ingenuamente apenas lê sobre elas? Pedro insiste em que cada cristão detecte falsos mestres, escape das heresias destruidoras e temam a Deus.


    No final do capítulo um, Pedro nos diz que as Escrituras foram escritas por homens que falavam por perfeita inspiração divina, mas, em seguida, em 2: 1 diz, No passado surgiram falsos profetas no meio do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão secretamente heresias destruidoras.


    Um falso mestre é alguém que procura manipular suas crenças sutilmente para longe da  Verdade.

    Gillette: “o melhor que um homem pode obter.”
    L'Oreal: "Porque você vale a pena"

    Nós rimos do mundo da propaganda, mas eles apelam para o elitismo, vaidade, egocentrismo...  claramente evitando o que é verdade sobre qualquer produto que seja.

    Pedro diz que haverá manipuladores que procurarão destruí-lo. Deslocando do presente para o futuro ele enfatiza que falsos mestres reaparecerão a cada geração, dentro de cada cultura, procurando desfazer a verdade na igreja.
    Quem são eles? No contexto específico, Pedro diz que eles são pessoas que negam o julgamento divino ao rejeitar o retorno de Cristo. E, como veremos isto está bastante vivo hoje de maneira diferente e mais sutil. Agora, é importante reconhecer que há falsos mestres dentro e fora da igreja. Aqueles dentro da igreja usam a linguagem da Bíblia, torcendo e distorcendo-a como Pedro diz que eles fazem com as cartas de Paulo e com o restante das escrituras (3:16).


    Mas também existem “falsos mestres” fora da igreja. Eles usam linguagem diferente, mas são uma ameaça igual, se não mais insidiosa. Ensinamento exterior é fácil de ser abraçado (Literatura, universidade, professores, amigos, mídias...), e sutilmente, contrabandeado para dentro da igreja ou da tua mente. Ambos  falsos mestres são difíceis de detectar. Eles não usam camisetas com a palavra HERÉTICO estampada na frente. Paulo diz: “Sei que, depois da minha partida, lobos ferozes penetrarão no meio de vocês e não pouparão o rebanho. E dentre vocês mesmos se levantarão homens que torcerão a verdade, a fim de atrair os discípulos. Por isso, vigiem! Lembrem-se de que durante três anos jamais cessei de advertir a cada um de vocês disso, noite e dia, com lágrimas.” - Atos 20:29-31


    Temos de estar alertas porque não é óbvio. Jesus descreve os "lobos como tendo pele de cordeiro" (Mt 7:15). Eles parecem “ovelhas”, como você e eu, mas no fundo são vorazes, conduzidos por segundas intenções, dispostos a matar a igreja em sua sede de influência ou por desprezo a mesma (Verdade).


    Você diz: Isso soa muito bem e bom, mas que tipo de coisas eu deveria estar procurando? Pedro chama de "heresias destruidoras" (2: 1). O que são elas? Bem, isso nos traz de volta à reivindicação dos falsos mestres que negavam o julgamento divino e rejeitaram o retorno de Cristo ( Isso se apresenta de maneira comum com outras formas hoje e ainda mais sutis ).


    Agora, à primeira vista esta heresia pode parecer irrelevante. Mas se você olhar mais de perto, você verá que é extremamente pertinente e atual. Observe como as duas heresias estão relacionadas. Se Cristo não voltar, não haverá julgamento divino, e se não há justiça divina, então não há nenhum imperativo moral. Moral se torna uma questão de escolha privada. Viva e Deixe Viver. Sem retorno de Jesus, nenhum julgamento  - nenhum julgamento, nenhuma responsabilidade moral. Se os gatos são afastados os ratos fazem a festa. Que é precisamente o que Pedro continua a dizer, "muitos seguirão sua sensualidade, e por causa deles o caminho da verdade será blasfemado (2). Ou versículo 10, "especialmente os que seguem os desejos impuros da carne e desprezam a autoridade.." Suspenda o retorno de Cristo (ou abrace qualquer filosofia de relativismo moral ) e você está fora do padrão moral. Autoridade afeta a moralidade. Remover a autoridade reduz a moralidade.


    Alguém estava me contando esses dias: “enquanto eu estava na faculdade, eu lentamente removi a autoridade de Deus e de sua Palavra da minha vida. Lendo a Bíblia pouco e estando com a igreja com menos frequência, eu reformulei a minha moralidade. Eu me tornei sexualmente promíscuo, dormindo por aí, porque eu queria jogar por regras próprias. Eu formei meus próprios julgamentos para caber neles minhas escolhas morais. Agora, se você tivesse me perguntado no meio de tudo isso, se Cristo voltaria algum dia, eu teria dito absolutamente que sim. Nada estava errado com minha teologia; era minha autoridade que estava com defeito.”


    Isto é o que manipuladores fazem, eles te chamam para uma autoridade que não seja Deus. Qual era a verdadeira autoridade governando a vida desse jovem? O Eu, não Cristo. Heresia leva a sensualidade. Sensualidade é repetido 3 vezes (2,7,18) no capítulo. Apesar das conotações sexuais, realmente significa rebeldia (8) e pode tomar muitas formas, da ganância, imoralidade ao egoísmo. Seja qual for a forma que assuma, sensualidade rearranja limites morais, rompe barreiras éticas, e eu não sou responsável perante ninguém.


    Sem uma lei objetiva a obedecer, você não está em dívida com ninguém, mas apenas o EU. E aqui é onde a antiga heresia vem rapidamente até nós. Também nós somos tentados a mudar de autoridade, de Deus para o EU. Como os falsos mestres e aqueles que os seguiram, criamos verdades convenientes e padrões de moralidade confortáveis.


    Ilegalidade também aparece na forma como julgamos o público, mas não o privado. Nós insistimos na prestação de contas e transparência para figuras públicas, mas não para as nossas vidas privadas. O governo, políticos, CEOs, atores de Hollywood e personalidades do esporte são responsáveis ​​perante nós, mas nós não devemos prestar contas a ninguém. Nós vamos julgar jogadores, políticos,  autoridades, celebridades, instituições... sem uma auto-reflexão por um momento sequer. No mundo particular do Eu não existem regras claras; não existe uma definição real. A igreja é empurrada para a esfera do público, enquanto permanecemos ocultos no privado. Como resultado, a igreja pode se tornar algo que julgamos, mas não pode nos julgar. Esperamos transparência dos líderes, enquanto abrigamos pecados pessoais. Doação financeira, atividade sexual... tornou-se tabu – é a minha vida privada – está apenas na esfera do EU. Por que? Porque a crença real é no EU privado. O resultado é mesquinhez.


    Ilegalidade acabará por levá-lo a retirar-se da igreja completamente, porque a autoridade do EU não pode ter nenhuma competição, nem a partir da comunidade, líderes, ou o próprio Cristo. A crença real no controle é o Eu. Pedro diz que esta ilegalidade blasfema o caminho da verdade. O blasfêmia não significa que você não concorda com a verdade; isso significa que você difama a verdade pela maneira como você vive.


    Quando um jovem me confessou sua promiscuidade sexual, eu lhe disse: “quando você vai realmente manter a integridade da Palavra de Deus?” Essa é uma pergunta que todos nós precisamos responder todos os dias. Eu vou manter a integridade da Palavra de Deus, ser fiel a Deus, ou ser fiel ao EU subjetivo e manipulador?



    Pedro fala sobre  "o mandamento de nosso Senhor e Salvador que os apóstolos  lhes ensinaram” e continua: “Antes de tudo saibam que, nos últimos dias, surgirão escarnecedores zombando e seguindo suas próprias paixões.” 2 Pedro 3:2,3 – O império do Eu não tem lugar diante do Senhor e Salvador. Quando o EU governa, você inexoravelmente segue suas próprias paixões – rotula elas de privada – julga tudo, mas nunca é julgado. Essa é a essência daqueles falsos mestres que trouxeram heresias destruidoras. Você pode condenar falsos mestres – mas na essência, age como eles – sob o império do EU, submetido apenas a você mesmo em sua subjetividade conveniente.