• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Você está satisfeito com o teu lugar, porção e perspectiva neste mundo que perece?






    "Piedade com contentamento é grande ganho!" 1 Timóteo 6:6


    A piedade é conformidade com a imagem moral de Deus e a consagração inteira da alma ao serviço do Senhor. Os piedosos são criados de novo em Cristo Jesus, pois eles estão unidos a Deus por meio de Jesus, e tem todas as graças e frutos do Espírito dentro deles. Eles vêem coisas como Deus vê, daí eles olham. . .


    para o pecado - como o maior de todos os males;
    para o mundo - como uma vaidade enorme;
    para os santos - como o excelente da terra;
    e para o Senhor Jesus - como totalmente desejável!


    Sempre que sentirmos a menor elevação da cobiça em nossos corações, devemos nos levantar e combatê-la com todas as nossas forças com as armas da fé.


    Jesus disse em João 6:35 : "Eu sou o pão da vida, aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede." Em outras palavras o que significa crer em Jesus é a experiência dele como a satisfação da sede da minha alma e da fome do meu coração. A fé é a experiência do contentamento em Jesus. A luta da fé é a luta para manter o coração contente em Cristo, realmente acreditando e continuar acreditando que Ele é e satisfação todas as necessidades e aspirações da vida.


    Quando Cristo ocupa esse lugar na vida dos homens, Eles odeiam o pecado ( entre eles a cobiça – falta de contentamento ), renunciam o mundo, se unem com os santos e adoram na plenitude da satisfação de tudo que Cristo é.


    Eles aprovam integralmente os preceitos de Deus e abraçam as condições que Deus determinou para eles com contentamento pleno. Eles abraçam tudo que Deus prescreveu para eles na eternidade, o amor a Deus, a fé em Cristo, o andar no Espírito, o ódio ao pecado, a negação do ego... andam no temor do Senhor.


    Andando em contentamento eles  confiam inteiramente na obra perfeita de cristo para sua aceitação diante de Deus; calçam a santidade com desejo ardente e desejam sempre concordar com a vontade soberana de Deus.


    Cobiça, no entanto, é exatamente o oposto da fé. É a perda de contentamento em Cristo na qual nós começamos a almejar outras coisas para satisfazer os desejos de nosso coração. 


    Verdadeira piedade produz e fortalece contentamento e contentamento é a luz de um sol calmo na vida de um homem. Contentamento reconhece o olho da providência de Deus, cujas "misericórdias são sobre todas as suas obras." É uma reverência a Sua vontade - como o infinitamente sábio e, invariavelmente, bom, acreditando nas promessas que Ele tem dado; sentindo-se satisfeito de participar da sorte comum com o seu povo.


    Quem está satisfeito em Cristo  não espera encontrar descanso abaixo, ou em um paraíso no deserto deste mundo. Eles são persuadidos ", que todas as coisas cooperam para o bem, para aqueles que amam a Deus e são chamados segundo o seu propósito".


    O orgulho está morto e floresce a humildade, pois o orgulho é o pai de descontentamento, ingratidão, impertinência, rebelião contra Deus e muitos outros males.


    Enquanto humildade produz contentamento, paciência, gratidão, submissão à vontade de Deus, e muitas outras virtudes.


    Os piedosos que estão contentes são ricos - pois eles têm uma boa sorte! Eles têm paz interior e satisfação da mente - que são melhores do que ouro! Eles estão cheios de gratidão e agradecimento a Deus - que é melhor do que uma grande propriedade! Eles têm amor a Deus e se deliciam nEle.


    Eles têm uma alegre antecipação da glória eterna, de serem reconhecidos como os filhos de Deus, e co-herdeiros de Jesus – o que é estimado acima de todos os títulos e honrarias deste mundo que perece!


    O oposto desse contentamento é um retrato de morte. Jesus contou a parábola dos solos ( Marcos 4:1-20 ) e disse que algumas sementes caíram no meio dos espinhos e os espinhos cresceram e sufocaram-na.


    Em seguida, ele interpretou a parábola, e disse que a semente é a Palavra de Deus. A semente semeada entre espinhos é interpretado como: ". Os cuidados do mundo e a sedução da riqueza, e o desejo de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera"


    A batalha real é travada quando a Palavra de Deus é pregada. O desejo de outras coisas podem ser tão fortes que o início da vida espiritual pode ser sufocada completamente, este homem jamais nasceu de novo apesar de se alegrar por um tempo com a verdade. Esta é uma advertência terrível que todos nós devemos estar atentos a cada vez que ouvimos a Palavra para recebê-la com fé e não sufocá-lo com cobiça.


    Já o homem regenerado vive no gozo do que eles têm agora – percebendo a sua porção gloriosa que ainda está por vir! Suas aspirações não estão no mesmo nível das do homem natural, portanto, eles são estranhos a impaciência, murmuração e dissabores constantes na experiência do homem natural.


    Há contentamento em teu coração? Contentamento florindo em vida piedosa – Coram Deo? Diante da face de Deus? Você está familiarizado com Deus, como seu amigo e seu Pai? Você está satisfeito com o seu lugar, porção e perspectiva neste mundo que perece?


    Se for assim, você está em Cristo e Cristo é todo o seu tesouro!!