• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Se Deus vai ser, como é, de fato Justo – então tudo Ele fará para mostrar a sua glória.






    Deus é santo. Olhe para Isaías 6:03 - "Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos: toda a terra está cheia da sua glória!"


    Assim, a santidade de Deus significa que a Sua glória enche toda a terra. Glória é o que você sente quando algo te faz dizer "Uau!" – Como quando você vê uma paisagem deslumbrante, ou pensa na explosão de uma supernova, ou vê um carro esportivo Lamborghini. Mas a glória de Deus, "Uau!" É infinitamente maior do que qualquer outro "Uau!" no universo.


    Pense por um instante – Só Deus sempre foi deste toda a eternidade passada... sem início... tudo tem começo. Só Deus é o Criador de tudo – todo o resto é criação. Só Deus sabe tudo, todo o passado para nós, presente e o futuro conscientemente, o tempo todo – todo o resto da criação, apenas imperfeitamente conhece apenas uma pequena fatia da realidade. Só Deus, só Deus é a fonte constante fluindo amor perfeito, bondade e santidade absoluta.

    Pense nas coisas que na terra os homens acham glorioso – dinheiro, poder militar, celebridades... A maior glória – tão valorizada nesta terra, se comparada a glória de Deus, é menos que um grão de areia comparada ao todo o Universo.

    Deus é Santo – Suas perfeição o definem infinitamente acima de tudo o que existe. Paulo diz: “sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas...” - Atos 17:24-25


    Deus é Justo! Ele tudo faz de acordo com a realidade absoluta que Ele é em suas perfeições morais. Então, Deus olhando para toda a realidade – vê Sua santidade infinita – suas perfeições definem e o põe acima de tudo o que existe. Portanto, à luz da infinita perfeição de Deus – qual  a única coisa certa há para Deus fazer? É fazer todas as coisas para mostrar a Sua santidade – a Sua glória – Suas perfeições.


    É exatamente isso que a Palavra de Deus ensina – como por exemplo no Salmo 143.11: “Vivifica-me, ó Senhor, por amor do teu nome; por amor da tua justiça...”


    O salmista está dizendo – só pode haver uma única razão de com justiça Deus me livrar da minha angústia, seria para Ele mostrar a glória do Seu Nome, e outro motivo não há. Nada fora dEle para que Ele faça isso. Ele faz tudo, e só faz por amor do Seu Nome e para mostrar a Sua glória.


    Agora, isso pode ser um problema para muitos - muitos se sentem desconfortáveis com este claro ensino – Porque não gostamos de quem faz tudo para mostrar sua glória. Mas por que não gostamos? Porque eles ( ou nós ) não somos gloriosos, não somos cheios de glória... isso apenas denota a arrogância da criatura... Mas Deus é!! Que outra coisa Ele deveria estar exibindo? E que glória nós, criaturas deveríamos estar exibindo? A glória de Deus!! Essa é a essência do pecado – “Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.” - Romanos 1:21-22 – “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” - Romanos 3:23


    Completamente diferente dos homens, para Deus não há maior glória para exibir. Então, se Deus vai ser, como é, de fato Justo – então tudo Ele fará para mostrar a sua glória.

    Então Deus criou um enorme universo, a terra... para mostrar sua glória, sua bondade, criatividade... Ele te criou e te deu vida, uma mente incrível, um corpo maravilhoso, um espírito... para que você possa ver a Sua glória – Seu “Uau!!” – e ter infinita alegria em conhecê-lo: “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” - João 17:3


    O que todos nós fizemos? É como se tivéssemos sido convidados para passar férias num iate maravilhoso no Caribe, com tudo incrível a nossa disposição, paisagem, alimento,... gratuito, tudo como um dom... Graça, graça, graça... Mas todos nós, os convidados, se amotinaram contra o dono e capitão do iate, resolvemos atirá-lo no mar e nos apossar do iate... queríamos controlar os rumos, queríamos o comando... isso que cada homem tem feito... cada homem é um assassino de Deus em seu coração...


    Como um Deus santo e justo responde? Suas perfeições o definem infinitamente acima de tudo que existe. Ele sempre age de acordo com suas perfeições. E esse Deus é Justo. Então tudo Ele faz para defender e mostrar  a Sua glória... “Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens.. Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.” - Romanos 1:18,21-22


    Assim quando Sua glória é exalta no derramar de toda a sua graça sobre sua criação e tudo a expressa – Deus é honrado e suas criaturas tem o deleite infinito... mas quando algo que tudo recebe de Deus para sua glória, existe para desonrar e ridicularizar a Sua glória, você tem um Deus irado, e a justiça exige punição equitativa ao tamanho da ofensa a glória infinita do Deus infinito. Temos que entender que Deus, sua glória, é o centro de tudo... na salvação por graça para manifestar sua glória, e na condenação para mostrar a justiça sobre a glória infinita defraudada. Isso é a ira de Deus. Sua paixão santa, deliberada e justa para punir aqueles que desonraram a Sua glória infinita. Essa é a razão de Seu Filho vir ao mundo... em cada passo tudo que Ele fez foi para manifestar essa glória: “Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer. E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.” - João 17:4-5


    É crucial entendermos isso. Deus olha para o mundo, a sociedade humana... com ira deliberada... e eternidade de perdição, nada mais é do que a justiça sobre a glória infinita constantemente tripudiada minuto a minuto da existência humana - “Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens... – Romanos 1.18 – E  porque a ira de Deus é justa, reta e santa – tem que se expressar. A punição tem que acontecer. A justiça deve ser satisfeita. Deus é santo, Deus é justo, Deus se ira todo tempo contra todo pecado... “...destituídos estão da glória de Deus”
    Mas isso não é o fim da história. A Palavra de Deus ensina que Ele em suas perfeição também é um Deus misericordioso, gracioso... mas que mesmo essas coisas são motivadas por sua glória... a glória da Sua graça ( Romanos 5.6-10).


    Deus Pai é tão amoroso, misericordioso e gracioso - que Ele tomou a sua ira contra nós pelos nossos pecados - e derramou-o sobre o seu próprio Filho amado – o puniu no lugar daqueles pelos quais Ele deseja mostrar a glória da Sua Graça. E Jesus, o Filho é tão amoroso, misericordioso e gracioso - que Ele estava disposto a sofrer o horror da ira de Deus por nossos pecados em nosso lugar para a glória do Pai.


    Então, o que é o amor de Deus ?   Romanos 5 ensina que o amor de Deus é Sua paixão para fazer espantoso bem para pessoas completamente indignos e dignas do inferno.  Jamais fale da salvação com um direito humano... uma questão de justiça... algo que Deus deve...


    “Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.” - Romanos 5:6-10 – Salvos do que? “...seremos – por graça – por ele salvos da ira”

    Observe que nós somos completamente indignos: - v.6 fracos e ímpios; v.10 éramos inimigos de Deus. Mas note como Deus a graça é surpreendente: - v.6 - Cristo morreu pelos ímpios; v.9 - temos sido justificados pelo seu sangue - por ele salvos da ira de Deus, v.10 - fomos reconciliados a Deus e somos salvos pela sua vida.


    Deus ser amor significa Ele está fazendo algo surpreendentemente bom e infinitamente maravilhoso para pessoas completamente indignos.
     
    O que Deus faz por nós em seu amor?   Esta é uma questão crucial. Tempos atrás, alguém que estava passando por grandes provações – me disse - "Eu pensei que Deus me amava." Você já disse ou ouviu alguém dizer isso? 


    O amor de Deus significa que Ele é totalmente surpreendentemente bom para pessoas que são completamente indignas. Mas que bem surpreendente  ele faz? Se Ele te ama, Ele irá mantê-lo livre de todas as provações? Ele irá remover todo o sofrimento de sua vida? É isso o que significa que Ele nos ama? É claro que não – Paulo diz: “Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito:Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia;Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” - Romanos 8:35-39


    Ele salva graciosamente homens indignos e dignos da perdição eterna – Qual o seu propósito em fazer isso? É para nos dar a maior de todas as coisas. Tudo que ele faz por nós é para nos dar isso – A infinita alegria de conhecê-lo, gozá-lo e desfrutá-lo para sempre. Nisto consiste o seu amor sobre os eleitos.

    Deus te ama - e derramou Sua ira destinada a você contra, sobre Jesus.

    Deus te ama - e mudou o seu coração para que você volte do pecado e confie totalmente em  Jesus.

    Deus te ama - e perdoou todos os seus pecados.

    Deus te ama - e lhe dá o Espírito Santo para que você possa sentir a Sua presença. Desejar ser santo... viver em santidade... ser transformado de glória em glória até ser a perfeita imagem de Cristo.

    Deus te ama - e orienta, fornece tudo o que é necessário para este objetivo - te fortalece, conforta...

    Deus te ama - e usa toda prova e aflição necessária para lhe trazer ainda mais alegria nEle.

    Deus te ama - e lhe dá irmãos e irmãs em Cristo,  para incentivar e ser incentivado por você – numa vida em comunidade dos santos, o Corpo de Cristo

    Deus te ama - e chama para a evangelização, assim você terá a alegria de ver o seu poder na salvação de outros que trará glória para Deus – será um perfume de vida nos que se salvam e um perfume de morte nos que se perdem.

    Deus te ama - e te dá graça e conforto em seu leito de morte.

    Deus te ama - e você vai levantar dos mortos para nunca mais morrer de novo.

    Deus te ama - e enxugará todas as lágrimas dos seus olhos, e diz: "bem feito, servo bom e fiel, entra na alegria do Senhor."

    Deus te ama - e tem feito tudo que é necessário para lhe dar a infinita alegria de conhecê-lo - sempre e sempre e sempre e sempre.

    Então - por causa de Jesus, através da fé que Ele lhe deu como um dom, em cada momento de cada dia, o Criador do Universo está olhando para você com amor, cuidando de você com amor, conduzindo-o com amor ao destino final de ser a perfeita imagem de Cristo.

    Então, se Deus nos ama - Por que Ele ama? O que motiva o seu amor?

    Eu tenho uma notícia muito boa. O amor de Deus é motivado por algo que é todo-poderoso e eterno. Não é a tua bondade ou dignidade. É você não merece isso. Não é o seu merecimento. Então, o que motiva o amor de Deus? Olhe para estes versos - e perceber o que motiva Deus -

    “Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.” - Salmos 23:3

    “Porque tu és a minha rocha e a minha fortaleza; assim, por amor do teu nome, guia-me e encaminha-me.” - Salmos 31:3

    “Ajuda-nos, ó Deus da nossa salvação, pela glória do teu nome; e livra-nos, e perdoa os nossos pecados por amor do teu nome.” - Salmos 79:9

    “Não obstante, ele os salvou por amor do seu nome, para fazer conhecido o seu poder”. - Salmos 106:8