• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Que igreja Paulo amava?




    Paulo não amava a “igreja” invisível simplesmente – como muitos falam hoje com orgulho – Hoje diriam: “Paulo é um homem da ‘Instituição’” – Paulo amava as igrejas locais. Ele deu a si mesmo, não só seu trabalho incansável... deu a si mesmo. Os irmãos da igreja loca e visível dos filipenses eram sua “alegria e coroa” – “Portanto, meus amados e mui queridos irmãos, minha alegria e coroa...” - Filipenses 4:1 – A outra igreja local instituída – Pastores, diáconos... Ele diz: “Na verdade vós sois a nossa glória e gozo.” - 1 Tessalonicenses 2:20


    Você pode como Paulo, dizer a irmãos de alguma igreja local a mesma coisa? Considera irmãos de uma igreja local tua alegria e coroa? Você se identifica tanto com eles assim? Paulo se refere a igrejas locais e visíveis como seu “orgulho” – “...assim como vocês nos entenderam em parte, venham a entender plenamente que podem orgulhar-se de nós, assim como nos orgulharemos de vocês no dia do Senhor Jesus.” - 2 Coríntios 1:14 – E a igreja visível dos Tessalonicenses e dos Coríntios estavam cheias de problemas – razão das cartas serem enviadas. Mas Paulo diz aos coríntios que eles eram seus “filhos” (visíveis) – “Não estou tentando envergonhá-los ao escrever estas coisas, mas procuro adverti-los, como a meus filhos amados. Embora possam ter dez mil tutores em Cristo, vocês não têm muitos pais, pois em Cristo Jesus eu mesmo os gerei por meio do evangelho.” - 1 Coríntios 4:14-15.


    Paulo se sentia da mesma forma sobre a igreja dos Gálatas e com líderes visíveis da igreja (visível) Timóteo e Tito: “Meus filhos (visíveis), novamente estou sofrendo dores de parto por sua causa, até que Cristo seja formado em vocês.” - Gálatas 4:19 – “...a Timóteo, meu verdadeiro filho na fé: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, o nosso Senhor.” - 1 Timóteo 1:2 – “...a Tito, meu verdadeiro filho em nossa fé comum: Graça e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Salvador.” - Tito 1:4 – Paulo uniu a sua reputação a igreja (visível) como um pai faz com filho – visivelmente.


    Quantas vezes não ouvimos as palavras de Paulo de amor e SAUDADE! Não podemos sentir saudade da igreja invisível... mas de irmãos visíveis, do convívio e comunhão com irmãos com os quais dividimos nossa vida e ministério. Paulo escancara seu coração e mostra como anseia que as IGREJAS (locais e visíveis) façam o mesmo: “Não lhes estamos limitando nosso afeto, mas vocês nos estão limitando o afeto que têm por nós. Numa justa compensação, falo como a meus filhos, abram também o coração para nós!” - 2 Coríntios 6:12-13


    Paulo deseja vê-los ( visíveis!!  ) e estar com eles – “Anseio vê-los, a fim de compartilhar com vocês algum dom espiritual, para fortalecê-los” - Romanos 1:11 – “Portanto, meus irmãos, a quem amo e de quem tenho saudade, vocês que são a minha alegria e a minha coroa, permaneçam assim firmes no Senhor, ó amados!” - Filipenses 4:1 – “Agora, porém, Timóteo acaba de chegar da parte de vocês, dando-nos boas notícias a respeito da fé e do amor que vocês têm. Ele nos falou que vocês sempre guardam boas recordações de nós, desejando ver-nos, assim como nós queremos vê-los.” - 1 Tessalonicenses 3:6 – “Lembro-me das suas lágrimas e desejo muito vê-lo, para que a minha alegria seja completa.” - 2 Timóteo 1:4 – Paulo ANSEIA por eles com o carinho do próprio Cristo: “Deus é minha testemunha de como tenho saudade de todos vocês, com a profunda afeição de Cristo Jesus.” - Filipenses 1:8 – Paulo sabe que a sua própria angústia é para o conforto e salvação das IGREJAS, e seu conforto é para seu conforto: “Se somos atribulados, é para consolação e salvação de vocês; se somos consolados, é para consolação de vocês, a qual lhes dá paciência para suportarem os mesmos sofrimentos que nós estamos padecendo.” - 2 Coríntios 1:6 – Paulo não deu parte de si mesmo para AS IGREJAS, segurando parte de sua vida para si mesmo – como Ananias e Safira... ele fez o oposto. Ele deu a si mesmo completamente para aquelas IGREJAS VISÍVEIS.
    E Paulo não amava assim apenas os cristãos maduros e prontos... muitas vezes essas igrejas tinham ambientes insalubres e não saudáveis – o que fazia Paulo sentir dor por eles... como um pai, como uma mãe com dores de parto...


    Houve um tempo em que Paulo teve desprezo e ódio contra a igreja – não a invisível – mas a igreja visível que ele podia perseguir e matar seus líderes e membros. Quando Paulo perseguiu e matou a igreja visível (já que é impossível perseguir a invisível ) - Jesus disse: “É a mim que Tu persegues!” Se Estêvão não fosse um diácono visível na igreja visível ("instituição") - não teria morrido visivelmente em Jerusalém! – “...arrastaram-no para fora da cidade e começaram a apedrejá-lo. As testemunhas deixaram seus mantos aos pés de um jovem chamado Saulo.” -  Atos 7:58



    Que o Espírito Santo de Deus aumente nosso amor para que possamos imitar Paulo em seu amor desmedido pelas IGREJAS VISÍVEIS, como Paulo em tudo imitou Cristo: “Tornem-se meus imitadores, como eu o sou de Cristo.” -  1 Coríntios 11:1