• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Medo, aversão e repulsa!





    O orgulho do homem natural é a principal razão pela qual ele não vai buscar o conhecimento de Deus se não houver um chamado soberano de Deus. O orgulho torna Deus um objeto desagradável e indesejável de contemplação para mundo.


    “Em seu orgulho, o ímpio não busca a Deus, em TODOS os seus pensamentos, não há espaço para Deus!” - Salmo 10:4


    Orgulho consiste num parecer excessivamente elevado de si mesmo. É, por conseguinte. . .
       impaciente com o que vê como um rival,
       odeia o superior, e
       não pode suportar um mestre!


    Na proporção em que o orgulho prevalece no coração do homem, nos faz desejar. . .
       não ter nenhum deus acima de nós,
       reconhecer nenhuma lei, mas nossas próprias vontades somente,
       e a seguir nenhuma regra, mas nossas próprias inclinações.

    Assim o orgulho levou Satanás a se rebelar contra o seu Criador - e os nossos primeiros pais a desejarem ser como deuses.

    Desde que esses são os efeitos do orgulho, é evidente que nada pode ser mais doloroso para um coração orgulhoso do que os pensamentos de um ser como Deus. . .

        Aquele que é infinitamente poderoso, justo e santo;
        aquele que não pode ser resistido, enganado, nem iludido;
        aquele que dispõe, de acordo com Sua própria vontade soberana, de todas as     criaturas e eventos;
        aquele que, de uma maneira especial, odeia o orgulho, e está determinado a     humilhar e puni-lo eternamente!

    Tal ser, o homem orgulhoso pode contemplar apenas com sentimentos de medo, aversão e repulsa! O homem orgulhoso deve olhar para Deus como seu inimigo natural, seu grande inimigo, a quem ele tem a temer! E que inimigo formidável é!

    Mas a revelação que Deus fez de si mesmo tende diretamente a se mostrar na visão do homem natural, nada mais do que esse infinito, irresistível e inimigo irreconciliável (a não ser por um Substituto), à vista do homem orgulhoso.

    Essa revelação ensina ao homem orgulhoso que ele tem um superior, um mestre. . .

       de cuja autoridade ele não pode escapar,
       cujo poder ele jamais poderá resistir,
       e cuja vontade deve obedecer por fim -
       ou ser esmagado diante dele, e ser consumido em si mesmo de maneira              miserável e para sempre!

    Ele mostra ao homem orgulhoso o que o homem odeia ver. . .
       
       que, apesar de sua oposição - o conselho de Deus subsistirá,
       que Deus vai fazer toda a Sua vontade, e
       que em todas as coisas, Deus está acima dele.

    Estas verdades torturam os corações não regenerados e orgulhosos dos ímpios, e, portanto, eles odeiam o conhecimento de Deus que ensina essa verdade, e não vai buscá-la, sendo impossível o coração irregenerado sequer desejá-lo. Pelo contrário, querem permanecer na ignorância de um tal ser, e banir todos os pensamentos dEle de suas mentes, e se esse Deus se colocasse em suas mãos ( como o fez na Pessoa do Filho ), o matariam de novo e de novo e de novo.

    Então o coração irregenerado se esforça para crer que, se existe um Deus, Ele tem que ser completamente igual ao homem natural.

    Que tolice,
    que absurdo,
    como é fútil tal pensamento,
    como cegamente é destrutivo da própria alma!

    Ao tentar subir – o orgulho só mergulha mais em sua lama!
    E enquanto se esforça para construir um trono para si próprio – o orgulho contamina irremediavelmente o solo em que se encontra, e cava a sua própria sepultura!

    Orgulho... ele contamina cada parte da existência.
    Orgulho...

    -É por isso que você não está satisfeito com a casa onde vive.
    -É por isso que você sente ser teu direito a promoção esperada.
    -É por isso que você não vai dizer que está arrependido
    -É por isso que você finge estar mais perto de Deus do que você realmente está.
    -É por isso que você não perdoa.
    -É por isso que o bastante nunca é o suficiente.
    -E muitas outras coisas mais...
    Orgulho... Essa é a causa - você pode racionalizar, mas será o orgulho operando em você.
    Como disse C. S. Lewis:
    "O orgulho é um câncer espiritual: destrói e devora a possibilidade do amor, ou contentamento ou até mesmo do senso comum." -
    Não fique chateado com a verdade - pois isso é o orgulho, é ele operando neste instante:
    -É por isso que você se recusa a admitir que está errado.

    O orgulho fez. . .
       Satanás cair do céu para o inferno,
       baniu nossos primeiros pais do Paraíso, e
       vai, de forma inexorável, arruinar eternamente todos os que são presas dele!

    Orgulho impenitente. . .
       nos mantém na ignorância de Deus,
       nos fecha fora de seu favor,
       nos faz o exato oposto do que Deus é,
       nos faz semelhantes a satanás,
       nos priva neste mundo de comunhão com Deus, e
      vai trancar a porta do Céu para sempre para nós, 
       e fechar sobre nós os portões do inferno.