• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Ciência ou superstição?






    Sir John Eccles (27 janeiro de 1903 - 2 de Maio de 1997), neurofisiologista, ganhador do prêmio Nobel por seu trabalhos sobre sinapse e pioneiro em pesquisas sobre o cérebro, disse: "A lei da gravidade não era a verdade final", e passou a explicar como muitos cientistas modernos transformaram a disciplina (a ciência) em uma "superstição" afirmando que "nós só temos que saber mais sobre o cérebro para entender a nós mesmos e nossa importância.”

    Sir John Eccles


    Eccles conclui: "A ciência não pode explicar a existência de cada um de nós como um ante, um ser, uma pessoa única, nem pode responder a tais questões fundamentais como:


    Quem sou eu?
    Por que estou aqui?
    Como cheguei a estar em um determinado lugar e tempo?
    O que acontece depois da morte?


    Estes são todos  mistérios além da ciência.” Então a acusação de Eccles é:  “A Ciência foi longe demais em tentar suprimir ou destruir a crença do homem na sua grandeza espiritual e deu-lhe a crença de que ele é apenas um animal insignificante que veio a surgir por acaso, sendo então completamente insignificante sua existência, estando perdido num planeta insignificante na imensidão cósmica.”