• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Um Nobel de Literatura diz: “O problema é que esquecemos Deus!”



    "Mais de meio século atrás, quando eu ainda era uma criança, eu me lembro de ouvir um grande número de pessoas mais velhas oferecerem a seguinte explicação para os grandes desastres que haviam acontecido na Rússia: ‘Os homens se esqueceram de Deus,  eis a razão porque tudo isso aconteceu’

    Desde então, passaram-se quase 50 anos que eu trabalho na história de nossa revolução; no processo, eu li centenas de livros, recolhi centenas de testemunhos pessoais, e contribuí com oito volumes de meu próprio esforço para revirar os escombros deixados por essa revolução. Mas se me pedissem hoje para formular o mais concisamente possível a principal causa da revolução ruinosa que engoliu sessenta milhões de vidas de nosso povo, eu não poderia colocá-lo de forma mais precisa do que repetir: “Os homens se esqueceram de Deus, eis a razão porque tudo isso  aconteceu."


    Alexander Solzhenitsyn, The Templeton Address. Londres, 10 de Maio de 1983.


    Alexander Issaiévich Soljenítsin (em russo: Александр Исаевич Солженицын; (Kislovodsk, 11 de Dezembro de 1918 — Moscovo, 3 de Agosto de 2008) foi um romancista, dramaturgo e historiador russo cujas obras conscientizaram o mundo quanto aos gulags, (sistema de campos de trabalhos forçados) existente na antiga União Soviética. Recebeu o Nobel de Literatura de 1970, e foi expulso de sua terra natal em 1974.