• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Tarde Vos amei!



    Nosso amor por Deus surge da necessidade (fomos criados para a satisfação nEle), mas o amor de Deus por nós não flui da necessidade, mas da Sua plenitude transbordante. Ninguém demonstra isso com palavras tão cativantes como Agostinho:


    "Tarde Vos amei, ó Beleza tão antiga e tão nova, tarde Vos amei. E veja, Tu estavas "dentro" ( Em ti respirava me movia e existia  ) e eu estava no mundo externo e procurei felicidade lá, e no meu estado desagradável mergulhei naquelas adoráveis coisas criadas que Tu fizestes para mostrar tua glória. Tu estavas comigo, e eu não estava contigo.


    As coisas lindas me mantiveram longe de Ti, mas ó loucura, se elas não têm sua existência em Ti, elas não tem existência real. Mas Tu gritastes em voz alta e quebrastes a minha surdez. Tu estavas radiante e resplandecente, Tu puseste em fuga toda minha cegueira. Nada mais vejo que não me leve a Ti.


    Tarde Vos amei, ó Beleza tão antiga e tão nova, tarde Vos amei!"