• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Ele te odeia com paixão!




    “Deus pode superar seus inimigos sem a ajuda de ninguém, mas os Seus santos não podem sequer defender o menor posto sem o seu braço forte.” – William Gurnall (1617-1679).


    Ele é a serpente, o grande dragão, Belzebu, o príncipe deste mundo, o príncipe das potestades do ar, do mal, O adversário! Ele é Satanás. E, se você é um seguidor de Jesus Cristo, ele te odeia com paixão. Como um leão que ruge, que está rondando tentando destruí-lo. Como você pode se manter firme e resistir ao diabo para que ele fuja de você?

    Olhemos agora para as muitas maneiras que o diabo usa para destruí-lo:

    Em primeiro lugar, não seja ingênuo, você deve considerar seus caminhos.

    Ele (Satanás) pode difamar Deus para você, a fim de lançar dúvidas sobre a bondade de Deus, levando ao naufrágio da fé (Gen 3:4-5).

    Ele pode tentá-lo a enganar os outros, a fim de criar, ou manter, a impressão de você ser mais espiritual do que és. (Atos 05:03; Jo 8:44).

    Ele pode corromper sua mente e dirigi-lo para longe da simplicidade de Cristo e de Seu evangelho (2 Coríntios 11:03).

    Ele pode roubar toda a eficácia de mil sermões firmados na Palavra que possas ouvir. (1 Ts 2:18; Mateus 13:19).

    Ele pode lutar contra você, lutando contra o seu progresso em Cristo (Ef 6:12).

    Ele pode levá-lo a cometer imoralidade sexual contra o seu cônjuge, como resultado de negligenciar a intimidade do leito conjugal (1 Coríntios 07:05).

    Ele pode atormentá-lo com algum tipo de aflição carnal (2 Coríntios 12:7).

    Ele pode cegar os olhos espirituais de sua família não salva, amigos e vizinhos... para que eles não possam ver a glória de Jesus no evangelho (2 Coríntios 4:4).

    Ele pode manter seus conhecidos que não foram salvas em cativeiro para os pecados que os impedem de chegar a Deus (Gl 4:8).

    Ele pode feri-lo com doença física (Lucas 13:16; Jó 2:7).

    Ele pode matá-lo (Sl 106:37; Jo 8:44).

    Ele pode semear joio [falsos cristãos, filhos do maligno] dentro da  assembléia dos crentes, a fim de enganar e criar desunião (Mt 13:38-39; 2 Coríntios 11:13-15).

    Ele pode levá-lo em direção compromisso teológico, fazendo com que você seja simpático à falsa doutrina e seus professores (1 Tm 4:1-3).

    Ele pode persegui-lo por sua piedade (Ap 2:10).

    Ele pode levá-lo a fazer o mal (Mt 4:01; 1 Tessalonicenses 3:5).

    Ele está, neste momento, rondando em busca de capturar e destruir, principalmente através do orgulho (1 Pe 5:6-8).

    Ele vai com toda a certeza caluniar você diante de Deus no céu (Apocalipse 12:10).

    Ele pode pedir a Deus permissão para peneirá-lo para o ataque e tentação concentrados (Lucas 22:31).

    Ele pode usar o poder da sugestão para movê-lo para longe da vontade de Deus (Mt 16:21-23).

    Ele pode tentar paralisar sua eficácia através de confusão, desânimo e desespero (2 Coríntios 4:8-9).


    Como você pode se manter firme e resistir ao diabo de modo que ele fugirá? A Bíblia exorta os crentes a guerra contra o inimigo da fé, não permanecendo ignorantes de seus planos (2 Coríntios 2:11); submetendo-se a Deus (Tg 4:07 ), sendo sóbrio e alerta e resistente a ele (Ef 4:27, Tg 4:07, 1Pe 5:8), e por não falar levianamente de ele (Judas 8; 2 Pe 2:10).


    Cinco peças defensivas de armadura e duas armas ofensivas: Devemos colocar a armadura de Deus, o que inclui as armas de defesa da verdade, da justiça e proclamação do evangelho, fé e salvação. Nós também devemos empregar as armas ofensivas da espada das Escrituras e da oração (Ef 6:11-18). Estes são os únicos meios pelos quais podemos resistir firmemente contra o diabo. "Finalmente, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder" (Ef 6:12).


    Qual é a fonte de força do santo? – William Gurnall (1617-1679)  com sabedoria ímpar nos responde:


    Deus pode superar seus inimigos sem a ajuda de ninguém, mas os Seus santos não podem sequer defender o menor posto sem o seu braço forte.
     
    A força de um general  terreno encontra-se em suas tropas, ele voa sobre suas asas. Se as suas penas forem cortadas ou o pescoço quebrado, ele é impotente. Mas no exército de santos, a força de toda a série encontra-se no Senhor dos Exércitos.

     
    Um dos nomes de Deus é "a força de Israel" (l Samuel 15:29). Ele era a força do coração de Davi. Com ele, o menino pastor poderia desafiar o gigante que desafiou um exército inteiro, sem a força de Deus, Davi tremeu com uma ou duas palavras que saiu da boca do filisteu. Ele escreveu: "Bendito seja o Senhor, minha força, que prepara as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra" (Salmo 144:1). O Senhor é também tua força em sua guerra contra o pecado e Satanás.
     
    Alguns se perguntam se o pecado jamais é cometido sem Satanás ter uma parte... o homem pode, e é mau por si mesmo, apesar de Satanás sempre estar pronto a “auxiliá-lo” -  Mas se a pergunta fosse se qualquer ação santa é possível de ser realizada sem envolver a assistência especial de Deus, isso já está plenamente estabelecido: "Sem mim nada podeis fazer" (João 15:5). Paulo colocou desta forma: "Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos, mas a nossa capacidade vem de Deus" (2 Coríntios 3:5). Nós, os santos temos um reservatório de graça, mas encontra-se como a água no fundo de um poço e não vai subir com todo o nosso bombeamento. Primeiro Deus deve prepará-lo com Sua graça e despertá-lo também com Sua Graça. Em seguida, ele irá jorrar.
     
    Paulo diz: "Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem." - Romanos 7:18. Tanto a vontade de fazer e a ação que se segue, são de Deus. "É Deus que opera em vós tanto o querer como o realizar segundo a Sua boa vontade" -Filipenses 2:13. Deus está na parte inferior da escada e no topo também, o Autor e Consumador, auxiliando a alma em cada degrau em sua ascensão a qualquer ação sagrada.

    Josemar Bessa