• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Seis ingredientes compõem o Verdadeiro arrependimento!





    O homem fechado em seu pecado se torna impermeável  a lógica, aos fatos e as Escrituras (Gênesis 3.9,10), O homem fechado em seu pecado sempre diz que a culpa é de outra pessoa (Gênesis 3.12,13).


    O homem fechado em seu pecado sempre vai odiar quem lhe diz a verdade sobre o pecado, não importa quão humilde, amoroso ou “contextualizado” possa ser quem ouse tocar no pecado: “Ainda há um homem por quem podemos consultar ao SENHOR; porém eu o odeio, porque nunca profetiza de mim o que é bom, mas só o mal; este é Micaías, filho de Inlá. E disse Jeosafá: Não fale o rei assim”. 1 Reis 22:8  - “E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas”. João 3:19-20


    Pessoas apaixonadas por seu pecado vão sempre encontrar uma terrível culpa e defeitos em qualquer um que tentar separá-los do pecado amado: “O que repreende o escarnecedor, toma afronta para si; e o que censura o ímpio recebe a sua mancha. Não repreendas o escarnecedor, para que não te odeie; repreende o sábio, e ele te amará". Provérbios 9:7-8

    Todo pecado encontra uma desculpa para se sentir não apenas correto, mas também nobre. Planos para assassinar o Filho de Deus? Como aqueles homens o viam? – “Nem considerais que nos convém que um homem morra pelo povo, e que não pereça toda a nação. Ora ele não disse isto de si mesmo, mas, sendo o sumo sacerdote naquele ano, profetizou que Jesus devia morrer pela nação”. João 11:50-51

    Todo pecador impenitente se vê como nobre: “Expulsar-vos-ão das sinagogas; vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus”. - João 16:2

    Todo pecador impenitente acha que seu caso é diferente e único: “E tu, ó homem, que julgas os que fazem tais coisas, cuidas que, fazendo-as tu, escaparás ao juízo de Deus?” Romanos 2:3

    O pecador tenta apaziguar sua consciência e “compensar” Deus de forma a não enfrentar a realidade do seu pecado, tornando as coisas muito piores, como podemos ver na vida de Saul: “Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros”. 1 Samuel 15:22


    Por si mesmo o homem não pode vencer o seu pecado e nem deseja fazê-lo. Nada que você faça ou fale fará um homem abandonar o seu pecado. Por que falar então? – Eis a única razão: “Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade” - 2 Timóteo 2:25


    Thomas Watson (1620-1686), fala sobre os seis ingredientes essenciais do arrependimento que é concedido por Deus. Ele diz:

    “O arrependimento é uma graça do Espírito de Deus, na qual um pecador é humilhado interiormente e exteriormente reformado.

    O arrependimento é um remédio espiritual formado por seis ingredientes especiais:
      
    1. Visão do pecado
      
    2. Tristeza pelo pecado
      
    3. Confissão do pecado
      
    4. Vergonha pelo pecado
      
    5. Ódio ao pecado
      
    6. Abandono do pecado

    Se qualquer ingrediente é deixado de fora, ele perde a sua virtude.