• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Bon Jovi e o Apóstolo Paulo!





    Bon Jovi :


    “É a minha vida
    É agora ou nunca
    Eu não vou viver para sempre”


    Apóstolo Paulo:


    “Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.” -  Colossenses 3:3 – “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.” - Filipenses 1:21


    Cada dia que saímos da cama, todas as manhãs de nossas vidas, acordamos para uma dessas duas visões da realidade, Paulo ou Bom Jovi. Minha chance de alegria, minha busca... é agora, centralizada neste mundo ou no próximo?


    Se a vida é vivida para nós, nossa morte é a grande tragédia. Bom Jovi busca uma glória, há uma busca que reflete os escombros de uma alma dilacerada pelo pecado mas que guarda lembranças da imagem de Deus. Então há uma busca por um glória, mas em sua queda ela se tornou uma busca doente, auto-centrada, auto-dirigida, egocêntrica... Há uma busca, mas essa busca não revela nada bom no homem, mas sua total depravação.


    Há uma busca em Paulo, mas ela começou na Regeneração e não antes. Paulo está dizendo que há certas coisas que ele está procurando: “Estou procurando paz e alegria, estou olhando para a felicidade... e Cristo me satisfaz. Eu tenho sentimentos e desejos que precisam de satisfação e nEle eu tenho tudo, pois Cristo é tudo. Cristo me satisfaz completamente em todos os aspectos. Eu tenho um intelecto, Cristo o satisfaz. Eu tenho sentimentos, Cristo os satisfaz. Cristo é o meu tudo em tudo, todas as demandas da minha vida são plenamente satisfeitas em Cristo”. É isso que Paulo que dizer com “o viver é Cristo!”


    A reação de Paulo a todas as coisas que acontecem em suas vida e todas as exigências da natureza de Paulo, de sua personalidade... estão totalmente preenchidas e satisfeitas em Cristo.


    Você pode dizer a mesma coisa? Você é totalmente satisfeito em Cristo? Essa é a essência da verdadeira posição cristã. O que faz um cristão é Cristo ser central, é Cristo ser tudo. “Ele é tudo para minha vida!” – Paulo está dizendo que sua vida é plena em todos os sentidos em Cristo. Quão longe isto tem estado de grande parte do “cristianismo” de nossos dias, e isso acontece porque na essência o desejo da grande maioria dos cristão por realização, são mais parecidos com os desejos de Bon Jovi do que dos desejos inflamados por Deus do apóstolo Paulo.


    Bon Jovi diz:

    “É a minha vida
    É agora ou nunca
    Eu não vou viver para sempre”

    Já para Paulo, a morte só traria a plenitude do que era tudo para ele, Cristo! Se o viver era Cristo, a morte seria mais de Cristo. Possuir eternamente o que era totalmente desejado!


    Para todo aquele cuja vida é Cristo, a morte é ganho! Você na morte perde morte e ganha a vida eterna. Você perde neste mundo caído, mas você ganha as glórias do céu. Você perde uma prisão e você ganha um palácio. Você perde a doença para ganhar saúde eterna. Você perde toda animosidade pessoal para ganhar fraternidade eterna. Você perde confissão diária para ganhar reconciliação eterna. Você perde mágoa cansaço e decepção para ganhar o cumprimento do amor de todos os santos e anjos e o próprio Jesus. Você perde a sua imaginação tênue da glória pela pureza eterna de seu desfrute. Você perde a vela bruxuleante e caminha para o amanhecer de um dia interminável.