• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    O Perigo de citações fragmentadas!





    Quando lido só um fragmento destas palavras de John Newton, como vemos pelas redes sociais, muitos a usam como desculpa para uma vida descomprometida, mundana... como uma auto-justificação: "Não sou o que devia ser... mas pela graça..." - Mas essas são palavras, ditas por John Newton, são ditas por alguém que NÃO é escravo do pecado, paixões e satanás, e tem grande sede da santidade absoluta. John Newton diz:


    "Eu não sou o que eu deveria ser. Ah, quão imperfeito e deficiente sou!

    Eu não sou o que quero ser. Abomino o que é mau, e eu, no poder de Deus, dia a dia quero abrir caminho para o que é bom, a conformidade com Cristo!

    Eu não sou o que eu espero ser. Logo, logo devo ser liberto de toda mortalidade, e com a mortalidade, todo pecado e imperfeição partirão.

    No entanto, embora eu não seja o que eu deveria ser,
    nem o que eu quero ser,
    nem o que eu espero ser,
    eu posso verdadeiramente dizer que eu não sou o que eu era antes;

    ESCRAVO do pecado, das paixões e de Satanás;

    e posso sinceramente juntar-me com o apóstolo, e reconhecer,
    "Pela graça de Deus sou o que sou."


    John Newton (24 de Julho de 1725 – 21 de Dezembro de 1807)


    Que possamos dizer o mesmo.