• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Apaixonar-se – John Stott (1921-2011)





    Quero estimulá-lo a tomar consciência de que você será varrido pelo sentimento que denominamos "paixão" e deve assumir que isso, em si mesmo, é um fundamento adequado para o casamento. Há outras considerações como a incompatibilidade intelectual.



    A pessoa por quem me apaixono é um cristão comprometido, maduro e em crescimento? Essa pessoa será um bom pai ou uma boa mãe para meus filhos? Essa pessoa será companheira? Essa pessoa merece meu respeito e meus desejos físicos? Essas são questões que a mente pergunta quando a emoção da paixão começa a brotar em meu interior.



    A paixão é uma emoção não confiável; ela tem de ser confrontada com a Palavra de Deus. Vários homens me procuram para aconselhamento pessoal, homens casados, e me dizem: "Preciso divorciar-me, pois me apaixonei por outra mulher, e essa mulher foi feita para mim, e eu para ela, e nós nos ajustamos perfeitamente. Errei ao me casar cora minha atual esposa. Estou tão apaixonado por outra mulher que isso deve ser o certo". Digo apenas: "Ao contrário, isso deve ser o errado. Você já tem uma esposa".