• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    A Singularidade dos únicos apóstolos – John Stott




    Uma singularidade quádrupla

    Os apóstolos de Jesus parecem ter uma singularidade quádrupla. Primeiro, receberam o chamado pessoal de Jesus e foram autorizados pelo Senhor. Isso fica claro no caso dos Doze, e Paulo afirmava ter algo comparável com isso. Ele declarou veementemente sua autoridade apostólica e a defendeu, insistindo que recebera sua comissão para ser um apóstolo "... não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Jesus Cristo e Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos" (Gl 1.1)...

    Segundo, eles tiveram uma experiência com Jesus e foram testemunhas oculares dele. Os Doze foram designados, conforme Marcos diz, "... para que estivessem com ele, os enviasse a pregar" 3(.14). O verbo "enviar" é novamente apostellein, e a qualificação essencial deles para o trabalho de apostolado era estar "com ele". te modo similar, pouco antes de sua morte, Jesus lhes disse:
     'E vocês também testemunharão, pois estão comigo desde o princípio' " (Jo 15.27).

    Em terceiro lugar, eles tiveram uma inspiração extraordinária do Espírito Santo. Vimos [no capítulo anterior] que o privilégio de o Espírito Santo habitar em nós e nos iluminar é de todos os filhos de Deus. Esse privilégio não se restringiu aos apóstolos. No entanto, o ministério do Espírito, que Deus prometeu aos apóstolos, era algo único, conforme deve ficar claro com estas palavras:
    Tudo isso lhes tenho dito enquanto ainda estou com vocês. Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse...
    Tenho ainda muito que lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora. Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade (Jo 14.25,26; 16.12,13).

    Em quarto lugar, eles tinham o poder de operar milagres. O livro de Atos é corretamente intitulado de "Atos dos Apóstolos", e Paulo afirma que "sinais, maravilhas e milagres" que ele realizou são as "... marcas de um apóstolo" (2Co 12.12). Além disso, o propósito do poder miraculoso dado aos apóstolos era para autenticar a comissão e a mensagem apostólicas dele... (Novo Testamento)
    Essas são as quatro maneiras pelas quais os apóstolos claramente são únicos.