• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    A Voz do Inferno, do Céu e de Cristo - N. Vincent (1639-1697)




    A. Com a voz do inferno. Imaginem, portanto, um pecador condenado que tivesse permanecido muitos anos no lago de fogo. Suponham que ele pudesse voltar e aparecer diante desta assembléia e um rio de lágrimas jorrasse de seus olhos, e então finalmente parando de chorar ele dissesse:

    "Maldito seja o dia em que nasci, e a noite em que disseram: foi concebido um menino! Seja este dia trevas, que Deus nas alturas não atente para ele, nem permita que a luz brilhe sobre ele. Ai de mim, teria sido melhor nunca ter existido do que ser um miserável eternamente! Quão insuportáveis são as mordidas contínuas do verme que nunca morre! Quão ardentes e inextinguíveis são aquelas chamas que e o sopro do Senhor, semelhante a uma fonte de enxofre, incendeia!"

    "O mundo está completamente enganado em relação ao pecado. As pessoas pensam nele leviana e prazerosamente, e era exatamente assim que eu pensava no princípio. Mas agora eu descobri quão miseravelmente eu estava enganado. Estou provando o sabor e o peso do pecado; sim, eu estou bêbado com o fel e a amargura dele. Estou descobrindo ser verdade aquilo que antes me foi falado mas que não cria, a saber, que é coisa terrível cair nas mãos do Deus vivo. Suas poderosas mãos me agarraram e prenderam minhas mãos e pés, lançando-me nas trevas exteriores, onde terei que permanecer em torturas por toda a eternidade! Oh, esta palavra dilacera meu coração, mata toda a esperança, afunda-me e esmaga-me inteiramente em completo desespero".

    "Se após milhares e milhares de eras meus tormentos por fim terminassem, eu seria fortalecido nas minhas angústias, porém desde que após tão longo espaço de tempo eu estarei tão longe de ser liberto quanto no primeiro momento em que fui aprisionado, isto é o que faz minha tristeza não conhecer limites, pois a miséria não os conhece. Oh, que loucura apoderou-se de mim para que em troca de um pequeno ganho e prazer temporário me rendesse ao pecado, me aventurando a morar com o fogo devorador, e a morar com chamas eternas!"

    "Mas eu devo culpar somente a mim. Deus é severo, entretanto nem um pouco injusto. Ele me chamou, porém eu recusei. Ele estendeu Sua mão, todavia eu O desprezei. Eu menosprezei todos os Seus conselhos e não fiz caso de nenhuma de Suas reprovações. Lembro-me muito bem que Ele me falava sempre para que deixasse os caminhos que conduzem à destruição e miséria, mas eu teimei em andar neles. Fui avisado para fugir da ira que estava por vir, contudo não atentei para nenhum aviso. Fui instado para que fosse reconciliado com Deus, porém resolvi continuar em rebeldia. Eu não quis ser salvo, embora o Senhor me aguardasse com Sua graça salvadora!"

    "Que direi? Poderá algum de vocês continuar com os mesmos pensamentos que eu tinha? Vocês ainda acalentariam os mesmos pecados que foram minha ruína? Vejam as chamas nos meus olhos. Oxalá vocês pudessem compreender a angústia do meu coração. Sejam sábios, sejam sábios, e aceitem misericórdia e salvação enquanto estão ao seu alcance, pois uma vez que venham para este lugar de tormento, o Senhor Se esquecerá de ser benevolente, e Sua misericórdia será totalmente retirada - e isso para sempre!"

    B. Com a voz do céu. Suponham que um dos santos glorificados que habita a Jerusalém celestial que tenha conversado com uma inumerável companhia de anjos e tenha visto Deus face a face, possa, por um tempo, deixar sua gloriosa mansão, e tendo abundância de alegria e glória diante de seus olhos, proferisse uma mensagem tal como esta diante de vocês:

    "Oh, a altura, o comprimento, a profundidade e largura do amor de Cristo, o qual ultrapassa o conhecimento! Quão inescrutável é Sua bondade e Sua misericórdia revelada! Digno é o Cordeiro que foi morto, de receber poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e bênção, pois Seu sangue me redimiu, com milhões de outros de todo grupo, língua, povo e nação! Fui chamado para me arrepender e viver, e através da rica graça fui capacitado a obedecer ao chamado.

    E agora descobri quão gloriosa é aquela vida para a qual serão trazidos os convertidos sinceros e perserverantes. Esta é uma vida livre do pecado, a qual nunca verá a morte".

    "O melhor de tudo é estar perto de Deus. Cristo é sem qualquer dúvida o melhor Mestre. Estar sujeito a Ele é reinar, e reinar para sempre! O que afeta este cego e estúpido mundo e faz com que os homens não vejam nenhuma formosura nem atrativos em Cristo - o mais belo e desejável dentre outros dez milhões, a luz de cuja face faz o céu não precisar da luz do sol, da lua, ou das estrelas? Sua beleza ultrapassa a tudo, Sua graça vale muito mais do que o ouro que perece, mas a Sua glória não me é lícita ou possível expressar".

    E agora algum de vocês continuará a menosprezá-lO? Abram seus olhos e vejam claramente que vocês são filhos da perdição, os filhos da morte sem Ele. Mas através dEle podem ser convertidos. Através dEle podem ser salvos com uma grande e eterna salvação. Certamente, então, vocês têm razões para valorizá-lO acima de tudo, embora o mundo todo, sim, dez milhões de mundos, pudesse estar competindo com Ele."

    C. Com a voz de Cristo. Imaginem o Senhor Jesus aparecendo numa luz que exceda a luz do sol. Suponham que alguns de Seus anjos viessem como anunciadores e precursores, vindo à frente dEle e anunciando: "Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos", e por fim que Ele mesmo viesse visivelmente enchendo este lugar com Sua majestade e Sua glória. E, tendo inspirado em vocês profunda reverência e tendo provocado em vocês uma admiração por Sua excelência e grandeza, suponham que Ele fale então:

    "Olhai para Mim e sereis salvos, todos os confins da terra. Eu sou Seu Redentor, e não há outro. Vocês têm se auto-destruído, mas em Mim, e somente em Mim, poderão encontrar ajuda. A não ser que Eu os torne livres, o pecado continuará reinando em vocês, e se ele reinar, também destruirá. A não ser que Eu amarre o homem forte, ele irá mantê-los presos e os levará cativos ao seu bel prazer. A não ser que Eu Me volte e os traga para perto de Deus, vocês correrão cada vez para mais longe dEle, até que por fim não haja mais nenhuma possibilidade de retorno. Por quanto tempo vocês, almas simples, amarão a simplicidade, e vocês, tolos, odiarão o conhecimento? Voltem-se para Mim; ouçam a Minha reprimenda. Olhem, Eu derramarei Meu Espírito sobre vocês, Eu lhes revelarei Minha Palavra".

    "Os desrespeitos passados Eu desconsiderarei se agora por fim Me receberem. Eu os libertarei da culpa e do poder do pecado. Pacificarei a ira de Meu Pai, embora por quebrarem a Sua lei e Me desprezarem - Eu, Seu Filho - vocês O tenham enfurecido como nunca. Embora cativos por natureza, Eu os farei reis e sacerdotes. Embora traidores pelo pecado e inimigos, Eu os farei filhos e herdeiros de Deus e co-herdeiros coMigo que sou o herdeiro de todas as coisas. De modo algum vocês serão miseráveis, se toda a plenitude que habita em Mim puder satisfazê-los e torná-los felizes."

    Depois de tudo isso, meus irmãos, vocês se devotarão ao pecado e à ruína? Oh, ouçam a voz do filho de Deus, que não deseja que pereçam. O que posso fazer para persuadi-los? Eu penso que desejaria que estas fossem minhas últimas palavras, sob a condição de que fossem poderosas e eficazes para a conversão, a cura, e a salvação de todos os que estão ao alcance do som delas. Eu estaria disposto a expirar aqui e ser levado morto fora do púlpito sob a condição de que todos vocês pudessem ouvir de modo a voltarem-se dos seus maus caminhos e viverem.

    A maioria daqueles milhares que estão diante de mim é me desconhecida, mas isto eu sei, que vocês têm almas e que cada alma é mais valiosa do que o mundo. Oh, que todos possam considerar o interesse e a segurança de suas almas!

    No entanto, caso que eu esteja falando em vão a vocês, eu dirigirei minhas palavras a Ele que é Senhor sobre todos: "Oxalá, que Tu que operas e que ninguém pode obstruir ou impedir, operes uma completa mudança salvadora nestas almas! Oh, que Tu tenhas compaixão daqueles entre elas que são cruéis consigo mesmos! Oh, que Tu possas despertar as almas que não estão apenas dormindo, mas mortas! E quebrantes os corações que têm se tornado corações de pedra! Oh, que Tu os convenças de seu pecado e miséria, e efetivamente os tires do primeiro para que possam ser livres para sempre da segunda!"

    Que cada coração diga, "Amém!" a estas petições.