• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    O alcance da Providência de Deus - Thomas Watson (1620-1686)



    As obras da providência de Deus são seus atos máximos de santidade, de sabedoria e seu poder para governar suas criaturas e suas ações.

    Cristo diz a respeito da obra da providência de Deus: "Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também" (Jo 5.17). Deus descansou da obra da criação, não criou mais nenhuma espécie de coisas. "Descansou nesse dia de toda a sua obra que tinha feito" (Gn 2.2). Portanto, esse deve ser o significado das obras da providência: "Meu Pai trabalha e eu trabalho". "O seu reino domina sobre tudo" (SI 103.19); isto é, seu reino providencial. Para esclarecer esse ponto, é preciso primeiramente mostrar que há uma providência; em seguida definir o que seja essa providência; e âopois,formular alguns conceitos ou proposições a respeito da providência de Deus.

    1.      A realidade da providência de Deus

    Há uma providência. Não há o que se chama destino cego, mas há uma providência que guia e governa o mundo. "A sorte se lança no regaço, mas do SENHOR procede toda decisão" (Pv 16.33).

    2.      A definição de providência de Deus

    O que é essa providência? Minha resposta: a providência é a ordenação de Deus sobre todas as causas e conseqüências das coisas, segundo o conselho de sua vontade, para sua própria glória.

    a.      A providência se distingue dos decretos de Deus

    Chamo de providência a ordenação de Deus sobre as coisas para fazer distinção entre isso e seus decretos. Os decretos de Deus ordenam as coisas que acontecerão. A providência de Deus as determina.

    b.      A providência se conforma ao conselho de Deus

    Chamo de providência a ordenação das coisas segundo o conselho da vontade de Deus.

    c.       A providência visa à glorificação de Deus

    Deus comanda todos os eventos, segundo o conselho de sua vontade, para sua glória, que é o fim maior de todos os seus atos e o ponto em que todas as linhas de providência se encontram. A providência de Deus é Regina mundi - "a rainha e governante do mundo"; é o olho que vê, a mão que gira todas as engrenagens do universo. Deus não é como um artesão que constrói uma casa e, então, deixa-a; antes é como um piloto que conduz o navio de toda a criação.

    3. O alcance da providência de Deus

    Podemos apresentar a seguinte proposição acerca da providência de Deus: ela está presente em tudo na vida dos homens, isto é, todos os lugares, todas as pessoas e todos os acontecimentos.
    a.      A providência de Deus alcança todos os lugares

    "Acaso sou Deus apenas de perto, diz o SENHOR, e não também de longe?" (Jr 23.23). O alcance da providência de Deus é imenso, ela alcança o céu, a terra e o mar. "Os que, tomando navios, descem aos mares... esses vêem as obras do SENHOR" (SI 107.23,24). Pois bem, que o mar, que é maior que a terra, não a inunde é uma maravilha da providência. O profeta Jonas viu as maravilhas de Deus nas profundezas, quando o grande peixe que o engoliu depois o deixou a salvo na praia.

    b.      A providência de Deus alcança todas as pessoas

    Ela alcança especialmente as pessoas devotas que, de maneira espe¬cial, procuram conhecê-la. Deus tem cuidado de cada santo em particular, como se não houvesse mais ninguém de quem cuidar. "Porque ele tem cuidado de vós" (lPe 5.7), isto é, o eleito de maneira especial. "Eis que os olhos do SENHOR estão sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua misericórdia... e, no tempo da fome, conservar-lhes a vida" (SI 33.18,19). Deus, por seu providencial cuidado, defende seu povo dos perigos e coloca anjos protetores ao seu redor (SI 34.7). A providência de Deus preserva os ossos dos santos (SI 34.20), recolhe no odre suas lágrimas (SI 56.8), fortalece-os na sua fraqueza (Hb 11.34), e supre todas as suas necessidades (SI 23.5). Assim, a providência supre maravilhosamente as necessidades dos eleitos.

    Quando os protestantes em Rochelle foram sitiados pelo rei da França, Deus, por sua providência, mandou um grande número de pequenos peixes para alimentá-los, como nunca tinham visto antes naquele porto. Da mesma maneira o corvo, aquela criatura desnaturada (que dificilmente alimenta a própria prole), providencialmente trouxe sustento ao profeta Elias (lRs 17.6).

    Veja o caso de Maria que, gerando e dando à luz ao Messias, ajudou a enriquecer o mundo, ainda que ela mesma fosse muito pobre. Um pouco depois de ter nascido o bebê, foi alertada pelo anjo para que fugisse para o Egito (Mt 2.13), no entanto, não tinha recursos suficientes para levar seus pertences àquela terra; porém, observe como Deus, antecipadamente, prove: em sua providência, ele envia os magos, desde o oriente, os quais levaram presentes caros, como o ouro, a mirra e o incenso, que presentearam Cristo. Assim, Maria teve o suficiente para custear suas despesas no Egito. Os filhos de Deus, às vezes, não sabem como são alimentados, sabem somente que a providência os alimentou. "Verdadeiramente serás alimentado" (SI 37.3, RC). Se Deus vai dar um reino a seus filhos, quando morrerem, não lhes negará o pão de cada dia enquanto viverem.

    c. A providência de Deus alcança todos os acontecimentos

    Ou seja, ela alcança todos os negócios e ocorrências no mundo. Não há nada que se mova no mundo que Deus não tenha, por sua providência, ordenado. Há honra na exaltação do homem? (SI 75.7). A um ele abate, a outro exalta. O sucesso e a vitória na batalha são resultados da providência. Saul tinha a vitória, mas Deus deu a salvação (ISm 11.13). O fato de que dentre todas as virgens trazidas à presença do rei só Ester tenha achado graça diante de seus olhos, não teria acontecido sem a providência especial de Deus. Por causa disso o Senhor salvou os judeus que estavam destinados à destruição. A providência atinge as mínimas coisas: dos pássaros às formigas. A providência alimenta os filhotes dos corvos, quando a mãe os abandona e não mais lhes providencia comida (SI 147.9). A providência atinge até mesmo os cabelos de nossa cabeça. "Até os cabelos todos da cabeça estão contados" (Mt 10.30).

    Certamente, a providência atinge todos os lugares, todas as pessoas, todas as ocorrências e todos os negócios.