• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    CRISTÃOS INFELIZES? M. Lloyd-Jones





    “Pois desta maneira”, diz ele (2Pe 1.11) “é que vos será amplamente suprida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” – Ele não falava  aqui da salvação, porque as pessoas a quem se dirige já estão salvas; está falando da entrada final na glória.


    “Se você fizer estas coisas”, diz Pedro, “se você disciplinar sua vida, se você puser em ordem a sua vida e guarnecer a sua fé deste modo e destas outras qualidades”, diz ele, “jamais cairá”. No presente você terá grande júbilo e felicidade, resultantes de sua segurança, e, quando chegar  o fim, você partirá desta vida para a próxima com as velas infladas pelas gloriosas brisas do Céu. Não haverá vacilação sobre isso, não será uma entrada com velas rotas; antes, uma entrada “amplamente suprida” ser-lhe-á ministrada. Porquanto não será uma aventura em mares desconhecidos mas, sim, será o fim dos temporais da vida e a triunfal chegada ao Céu do nosso eterno repouso e glória na presença de Deus.


    Se somos cristãos infelizes e deprimidos, é mais que provável que é devido à falta de disciplina. Portanto, tratemos de pôr-nos de pé, e, agindo e aplicando toda a diligência, vamos suprir nossa fé, abandonando o medo. Esclareçamos as nossas idéias e então vamos pô-las em prática, vamos suprir nossa fé cristã desta força e vigor, deste conhecimento, desta temperança, desta paciência, piedade, bondade e amor fraternal. Comecemos a fruir nossa vida cristã e a ser prestativos e úteis ao próximo. Cresçamos na graça e no conhecimento, constituindo-nos motivo de atração e todos os nossos conhecidos a que venham e se juntem a nós desta fé igualmente preciosa, e experimentem a bem-aventurança destas preciosas e mui grandes promessas que nunca falham.

    0 comentários: