• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    A SABEDORIA HUMANA NÃO É ACEITA – C. H. SPURGEON



    O altar de Deus devia ser construído com pedras não lavradas, para que nenhum vestígio de habilidade ou labor humano pudesse ser visto nele: “Se sobre ele manejares a tua ferramenta, profaná-lo-ás” (Êx 20.25).
    A sabedoria humana deleita-se em aparar e arranjar as doutrinas da cruz em um sistema mais artificial e mais apropriado aos sabores depravados da natureza decaída; em vez de cultivar o evangelho, e não a verdade absoluta de Deus.
    Todas as alterações e emendas da própria Palavra de Deus são poluições e profanações. O coração orgulhoso do homem tem a pretensão de interferir na justificação da alma perante Deus; humilhação e arrependimento, boas obras, capacidade natural são alguns dos aspectos da sua doutrina paralela, e por todos os meios a tentativa é levantar as ferramentas humanas sobre o altar divino.
    Seria bom que os pecadores se lembrassem de que, longe de aperfeiçoarem a obra do Salvador, suas convicções apenas a poluem e desonram. Somente o Senhor deve ser exaltado na obra da expiação, e nem uma simples marca do cinzel ou martelo do homem perdurará.
    Há uma blasfêmia inerente em procurar acrescentar algo ao que Cristo Jesus em seus momentos finais declarou ter sido consumado, ou em “aperfeiçoar” aquilo em que o Senhor Jeová encontra perfeita satisfação. Pecador temente, lance fora suas ferramentas, dobre seus joelhos em súplica humilde, aceite o Senhor Jesus como o altar da sua expiação e descanse somente nele.
    Muitos professos podem estar sendo advertidos por meio do texto quanto às doutrinas em que acreditam. Há entre os cristãos fortes inclinações de adaptar e ajustar as verdades da revelação. Esta é uma forma de irreverência e descrença; lutemos contra ela e recebamos a verdade como a encontramos, regozijando-nos de que as doutrinas da Palavra são pedras não lavradas, e assim estaremos cada vez mais dignos de construir um altar para o Senhor.

    0 comentários: