• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    OVELHAS E OVELHAS - C. H. SPURGEON



    -“Julgarei entre ovelhas e ovelhas” (Ez 34.22)-


    Algumas ovelhas são gordas, robustas e, por esta razão, indelicadas para com as mais fracas. Este é um pecado grave e causa muita tristeza. Aqueles safanões com os ombros e com a barriga, aqueles empurrões das doentes, com os chifres, são meios desagradáveis usados para ofensa, na assembléia dos que professam ser crentes. O Senhor toma nota desses atos soberbos e maldosos, e se mostra bastante irado por causa de tais atos, visto que Ele ama as ovelhas fracas.
    Você é uma dessas ovelhas rejeitadas? Você é um daqueles que lamenta em Sião e está marcado por causa de sua consciência tenra? Os seus irmãos o julgam com severidade? Não fique ressentido pela conduta deles. Acima de tudo, não revide com safanões e empurrões. Entregue o assunto nas mãos do Senhor. Ele é o juiz. Por que devemos nos intrometer em um de seus ofícios? Ele decidirá com mais retidão do que somos capazes de julgar. Seu tempo de julgamento é o melhor; e não devemos nos apressar para antecipá-lo.
    O opressor que tem o coração endurecido deve tremer ante essa verdade. Embora no presente ele trate alguém com crueldade e permaneça impune, todas as suas palavras severas são anotadas; e de cada uma delas ele prestará contas no tribunal do Juiz Supremo.
    Tem paciência, é minha alma! Tem paciência! O Senhor conhece a tua aflição. Ele tem compaixão de ti.

    0 comentários: