• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    O SILÊNCIO DE DEUS É IRA - LUTERO



    (Ler Amós 8.11-14)


    “Eis que vêm dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra, não de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. Andarão de mar a mar, e do norte até ao oriente; correrão por toda parte, procurando a palavra do Senhor, e não a acharão”. (vv. 11s.)


    A maior manifestação da ira de Deus é quando ele silencia por completo e não fala mais conosco, mas deixa que vivamos e façamos como bem entendemos.
    Ah, Senhor Deus, é preferível que o senhor castigue com pestes e toda sorte de doenças terríveis a guardar silêncio. Deus diz: Estendi a minha mão e disse: Venham e ouçam. Mas vocês dizem: Não, não queremos. Eu lhes envio os meus servos, os profetas, Isaías, Jeremias, etc., e digo: Ouçam-nos. Sim, dizem eles, queremos matá-los. Eis aí lhes envio meu Filho. Pois bem, queremos crucificá-lo.
    A mesma coisa estamos fazendo em nossos dias, como se pode ver. Estamos fartos e saturados da palavra de Deus. Não queremos dar ouvidos a mestres e pregadores piedosos e fiéis, que nos castigam e pregam a palavra de Deus de forma pura e não adulterada, nela persistem, são zelosos na condenação de doutrina falsa e com fidelidade advertem contra ela. Deus certamente nos castigará por causa disso.
    Ah, Pai celeste, conserva-nos sempre nesta clara luz e não permitas que nos desviemos de tua palavra , nem incorramos em doutrina falsa!

    0 comentários: