• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    É PRECISO SOFRER - LUTERO



    ( Lucas 14.25-33)


    25 Ora, iam com ele grandes multidões; e, voltando-se, disse-lhes:
    26 Se alguém vier a mim, e não aborrecer a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e ainda também à própria vida, não pode ser meu discípulo.
    27 Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo.
    28 Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se senta primeiro a calcular as despesas, para ver se tem com que a acabar?
    29 Para não acontecer que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a zombar dele,
    30 dizendo: Este homem começou a edificar e não pode acabar.
    31 Ou qual é o rei que, indo entrar em guerra contra outro rei, não se senta primeiro a consultar se com dez mil pode sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil?
    32 No caso contrário, enquanto o outro ainda está longe, manda embaixadores, e pede condições de paz.
    33 Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo.
    34 Bom é o sal; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor?
    35 Não presta nem para terra, nem para adubo; lançam-no fora. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

    Embora não devamos procura obter a salvação ou ganhar o mínimo de mérito que seja através de nossa cruz e sofrimento, devemos, não obstante, seguir a Cristo em seu sofrimento, para nos tornarmos semelhantes a ele. Pois Deus decidiu que não apenas confiássemos no Cristo crucificado, mas também fôssemos crucificados e devêssemos sofrer com ele, como ele claramente indica em muitas passagens dos evangelhos.
    Por isso, cada qual deve carregar um pedaço da santa cruz. E isso tem de ser assim; não há escolha. São Paulo também diz isso em Colossenses 1.24: "E preencho o que resta das aflições de Cristo em minha carne". É como se quisesse dizer: Toda sua cristandade ainda não está completa. Também nós precisamos seguir, para que nada do sofrimento de Cristo falte ou se perca, mas para que seja reunido num monte só. Assim sendo, cada cristão deve contar com isto: a cruz certamente virá.
    Agora, deve e tem de ser uma cruz e sofrimento daqueles que faça jus ao nome e realmente machuque e doa, como, por exemplo, grande risco para honra e bens, corpo e vida. Um tal sofrimento a gente sente de fato, e ele machuca. Pois de jeito nenhum seria sofrimento se não doesse bastante.
    Se a gente sabe disso, tudo fica mais suave e tolerável, e a pessoa pode consolar-se, dizendo: Pois bem, se quero ser cristão, devo vestir o uniforme da côrte de Cristo. O amado Cristo não entrega outro fardamento a não ser este: É preciso sofrer.

    0 comentários: