• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    ECHTHRA - As Obras da Carne


    As Obras da Carne conforme aparecem em Gálatas 5.19-21


    ECHTHRA

    Inimizades, ódio... hostil ou hostilidade (Rm 8.7; Ef2.14,16) – inimiza de tradicional entre famílias (Ef 2.16) – inimizade mútua(Ef 2.16) – elementos conflitantes (Ef 2.14).

    Não é necessário gastar muito tempo discutindo o significado de ECHTHRA; ECHTHROS – é a palavra grega normal par um inimigo, e ECHTHRA, para inimizade.

    No próprio NT, ocorre somente em duas outras passagens. Em Rm 8.7 Paulo escreve que a mente que se fixa na carne é hostil a Deus, ou, conforme diz NEB:”o ponto de vista da natureza inferior é inimizade contra Deus”. Em Ef 2.14, 16 é usada para a parede divisória de hostilidade que faz separação entre o judeus e o gentio que ambos se tornem um só em Cristo.

    No mundo antigo havia três tipos de inimizade, e estas continuam sendo reproduzidas na vida humana.

    1. Havia a inimizade entre uma classe e outra dentro da mesma cidade do mesmo país. Platão disse que em cada cidade havia uma guerra civil entre os que possuem e os que não possuem. Pode haver em qualquer comunidade uma guerra de classes que as pessoas de disposição maligna podem facilmente fomentar visando atingir seus propósitos pessoais maldosos.

    2. Havia a inimizade entre os gregos e os bárbaros. Esta, disse Platão, era uma guerra que não conhecia fim; e Isócrates implorava que Homero nunca fosse omitido do currículo educacional do jovem grego, porque Homero demonstra a separação eterna entre o grego e o bárbaro. Para os gregos havia num sentido literal uma diferença entre os gregos e os bárbaros. “Havia”, escreve T. R. Glover, “alguma diferença natural entre os gregos e os bárbaros. Não se podia ir contra a natureza, e a natureza planejara dois tipos distintos de homens – o grego e o não-grego – e a diferença era fundamental” (T. R. Glover: Springs os Hellas, pág 32.)

    Para continuar, clique aqui

    Este texto está no tópico - Artigos em Série


    0 comentários: