• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    Cinco Princípios para a Interpretação Bíblica


    1. O Princípio Literal – Significa entender as Escrituras no seu sentido natural e normal. Isto é, quais os significados costumeiros das palavras utilizadas? Se Deus quer comunicar-nos Sua Palavra, Ele o fará da forma mais óbvia e simples possível, em palavras claramente compreendidas. Embora exista linguagem figurada, simbolismo e alegoria (Gl 4.19-31) nas Escrituras, a primeira coisa pela qual procurarmos é o significado literal, não algo mais profundo, segredo escondido ou alguma interpretação espiritual

    Quando se chega alguns dos trechos apocalípticos tais como Zacarias, Daniel, Ezequiel, Isaías ou o Apocalipse, as figuras e os símbolos devem ser estudados cuidadosamente para se ver a verdade literal que trazem consigo. A reprodução do contexto histórico geralmente os deixa claros. Então o estudante pode refletir sobre o significado literal da figura dentro do seu contexto histórico.

    A pedra fundamental da interpretação bíblica é encara-la de forma LITERAL. Uma vez abandonada a interpretação literal, deixa-se de lado toda esperança de conseguir exatidão. No lugar da exatidão, temos confusão em que só a imaginação reina. Quando se nega o sentido literal, não se está servindo as Escrituras pela procura de entende-las; está se fazendo escravas as Escrituras tentando moldá-la para dizer o que nós queremos que digam.

    É como os rabinos do período interbíblico que...
    k
    k
    Este texto está no tópico - Fundamentos da Fé Cristã

    0 comentários: