• Puro conteúdo Reformado!

    ReformedSound

    .

    .

    O Senhor dos Anéis e as Verdades Bíblicas


    Este é o 1º Artigo desta série:

    O Senhor dos Anéis e as Verdades Bíblicas.

    SIIMPLICIDADE - Os Hobbits são camponeses que fazem pouco uso de maquinários e têm poucas preocupações com o resto do mundo. Gostam muito de comer (bastante e com freqüência) e valorizam mais a previsibilidade do que a originalidade. Desprezam aventuras de todo tipo, considerando-as (corretamente) "coisas desagradáveis, perturbadoras e desconfortáveis. Fazem com que você se atrase para o jantar!" (O Hobbit) - Os Hobbits são heróis improváveis.

    Todavia, ninguém menos que o venerável Gandalf, o Cinzento, um mago de certo renome, escolheu um hobbit, o senhor Bilbo Bolseiro, como principal ladrão de um grupo de anões que tentava reclamar a casa de um ancestral do poderio de um terrível dragão. Sua escolha parecia o cúmulo da tolice para um anão, mas, no final, eles descobriram que a esperteza, a desenvoltura e a liderança podem, às vezes, ser encontadas nos lugares mais improváveis. A verdade é que, possivelmente, eles não teriam sido bem-sucedidos em sua aventura não fosse a assistência daquele ladrão.

    Aparentemente Gandalf tinha alguma idéia do potencial de Bilbo, mas é bem possível que ele não imaginasse as conseqüências de sua escolha. O fato de que Bilbo encontraria o Um Anel, perdido por gerações, além de desempenhar um papel importante no maior conflito da Terceira Era da Terra-média era algo que certamente estava ausente dos mais grandiosos sonhos de qualquer sábio, além de isso não ter sido predito em nenhuma das antigas profecias. Aquilo que parecia pouco mais do que um louco capricho, uma curiosa nota de rodapé nos anáis da história, tornou-se a semente de algo que abalaria a torre Barad-dûr, a antigo fortaleza de Sauron, O Senhor do Escuro.

    Nada na longa e agitada história do Condado sugeriria que seus habitantes pudessem ser capazes de lidar com tal poder. Séculos de paz haviam ... (Para continuar lendo clique aqui).

    Este texto está no tópico - Artigos em Série.



    0 comentários: